Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 07 de junho de 2019.
Dia da Liberdade de Imprensa.

Jornal do Comércio

Colunas

CORRIGIR
Vinicius Ferlauto

Giro Rápido

Edição impressa de 07/06/2019. Alterada em 06/06 às 21h42min

Jetta tem perfil esportivo na versão GLI

/VOLKSWAGEN/DIVULGAÇÃO/JC
A novidade complementa a linha Jetta no Brasil, se posicionando acima das configurações R-Line, Comfortline e 250 TSI. A versão GLI é a única equipada com motor 2.0 TSI de 230 cv potência, 80 cv a mais do que o propulsor 1.4 TSI de 150 cv que acompanha as demais opções.
Siglas famosas no portfólio da Volkswagen, a GTI e GTS são exclusivas dos hatchbacks e modelos esportivos intermediários. A nomenclatura GLI (Gran Luxury Injection) surgiu na década de 1980, justamente para se referir aos sedãs com personalidade arrojada da marca. É a primeira vez que o Jetta GLI é oferecido no mercado nacional, e o carro vem importado do México, custando R$ 144.990,00.
O Jetta GLI exibe uma carroceria mais rebaixada, graças à adoção de saias laterais e spoilers. O para-choques dianteiro é específico da versão, com formato mais agressivo, assim como os faróis, que possuem assinatura de LED própria. Na traseira, difusor e aerofólio são os diferenciais. Rodas de liga-leve de 18 polegadas e detalhes estéticos em vermelho, incluindo as pinças de freio, dão o toque final de ousadia no visual do sedã.
Além dos 230 cv de potência, o motor do Jetta GLI (que é o mesmo do Golf GTI, Tiguan R-Line e Passat), entrega 350 Nm de torque na faixa de 1.500 a 4.600 rpm. Junto com transmissão DSG, de dupla embreagem, com seis marchas, permite acelerar o veículo de zero a 100 km/h em 6,8 segundos e à velocidade máxima de 250 km/h.
Entre outros atributos técnicos do Jetta GLI, vale ressaltar a suspensão independente nas quatro rodas e os discos de freios 10% maiores em relação às outras versões. A tecnologia embarcada inclui quadro de instrumentos digital, piloto automático adaptativo, assistência frontal com frenagem de emergência, faróis altos automáticos, bloqueio eletrônico do diferencial, além de seis air bags.
 

Investimento nas motocicletas

A fábrica do BMW Group em Manaus (AM) recebe novo aporte de R$ 9 milhões, valor que será destinado, ao longo deste ano, para novas tecnologias, infraestrutura da planta, manutenção de maquinário e adaptação da linha de montagem, visando à chegada de novos modelos da marca que serão produzidos no local. "Os novos investimentos buscam otimizar a nossa linha de montagem, que ficará ainda mais flexível e moderna", comenta Alejandro Echeagaray, presidente da fábrica manauara do BMW Group. Desde a fundação, em 2016, a planta absorveu cerca de R$ 70 milhões em investimentos.
 

Argo é 'convocado' pela seleção


/FCA/DIVULGAÇÃO/JC

Patrocinadora oficial da seleção brasileira de futebol, a Fiat entra no clima da Copa América e da Copa do Mundo Feminina, lançando a série especial Argo Seleção. A edição limitada terá 1.500 unidades produzidas, todas baseadas na versão Drive 1.0 do hatch compacto. A novidade estará disponível nas concessionárias da marca a partir de 14 de junho, justamente a data de estreia da seleção masculina na Copa América. Os compradores ganharão de presente bolsa da Nike com logos da Fiat e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

América Latina

A Bosch fechou o ano fiscal de 2018 com vendas totais de R$ 6,5 bilhões na América Latina, incluindo as exportações e os negócios das empresas coligadas, o que representou um crescimento em torno de 12% quando comparado a 2017. As operações da empresa no Brasil foram responsáveis por 80% do total na região, atingindo R$ 5,3 bilhões.

Air bag externo

As colisões laterais estão entre as mais perigosas nos acidentes de trânsito. Preocupada com isso, a ZF desenvolveu um novo protótipo de sistema de segurança que emprega um air bag lateral externo que pode ser acionado em milissegundos antes de uma batida. A tecnologia introduz uma zona de deformação lateral adicional no veículo, que pode ajudar a salvar vidas e reduzir a gravidade das lesões dos ocupantes em até 40%, segundo a companhia.

Arquitetura do futuro

A General Motors anunciou, nos Estados Unidos, o lançamento de uma nova arquitetura eletrônica veicular que viabilizará uma nova geração de veículos elétricos e de sistemas mais avançados de condução autônoma, de conectividade e de segurança ativa - pilares fundamentais para a visão de futuro da empresa, que persegue metas de zero acidentes, zero emissões e zero congestionamentos. A tecnologia é composta por um sistema eletrônico inteligente capaz de processar até 4,5 terabytes de dados por hora - cinco vezes mais do que a arquitetura atual.

Mercado africano

UTB (Union des Transports de Bouaké) e AVS Transport, os dois maiores operadores de transporte coletivo da Costa do Marfim, adquiriram 30 novos ônibus Marcopolo Viaggio 1050, que serão utilizados no serviço interurbano da cidade de Abidjan. "Nos últimos dois anos, elevamos a nossa competitividade e voltamos a fornecer veículos para a Costa do Marfim. Esses 30 ônibus reforçam nossa grande participação no mercado africano", diz Ricardo Portolan, gerente executivo de negócios internacionais da Marcopolo para Oriente Médio e África.

CORRIGIR