Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de abril de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de abril de 2020.
Notícia da edição impressa de 20/04/2020.
Alterada em 20/04 às 03h00min
COMENTAR | CORRIGIR

Frases e Personagens

'Uma coisa tem que ficar muito clara: não vou julgar o que foi feito antes de eu entrar', diz Teich

'Uma coisa tem que ficar muito clara: não vou julgar o que foi feito antes de eu entrar', diz Teich


MARCELLO CASAL JR/AGÊNCIA BRASIL/JC
"Respeito o ministro Mandetta. Uma coisa tem que ficar muito clara: não vou julgar o que foi feito antes de eu entrar. Vou julgar o que tenho que fazer daqui para frente. Vou respeitar o para trás e vou agradecer tudo o que a gente puder aproveitar para o que a gente for fazer daqui para frente." Nelson Teich, novo ministro da Saúde.
"Respeito o ministro Mandetta. Uma coisa tem que ficar muito clara: não vou julgar o que foi feito antes de eu entrar. Vou julgar o que tenho que fazer daqui para frente. Vou respeitar o para trás e vou agradecer tudo o que a gente puder aproveitar para o que a gente for fazer daqui para frente." Nelson Teich, novo ministro da Saúde.
"Medidas adotadas pelo governo foram viabilizadas em votações no Congresso. O governo, por exemplo, queria dar R$ 200,00 por pessoa para enfrentar a crise financeira provocada pela Covid-19. Os parlamentares aumentaram para R$ 600,00." Joice Hasselmann, líder do PSL na Câmara dos Deputados.
"Não pode apenas o Parlamento mandar a conta para a gente pagar. Cada governador tem seu plano, fecha o comércio e manda a conta, não para mim, mas para o contribuinte pagar. A conta final sai na casa de R$ 1 trilhão." Jair Bolsonaro, presidente da República.
"Elogiamos o trabalho do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O Congresso espera que o novo ministro, Nelson Teich, dê continuidade ao bom trabalho que vinha sendo desempenhado pelo Ministério da Saúde, agindo de acordo com as melhores técnicas científicas." Davi Alcolumbre (DEM-AP) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidentes do Senado e da Câmara.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia