Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 11 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Frases e Personagens

Edição impressa de 11/09/2018. Alterada em 11/09 às 01h00min

Frases e personagens

Leonardo Busatto

Leonardo Busatto


CLAITON DORNELLES /JC
"A prefeitura de Porto Alegre quitará os salários do mês do agosto dos servidores municipais nesta quarta-feira. Faremos uma reunião nesta terça-feira, com a equipe do Tesouro Municipal, para verificar o total de ingresso de receitas do ICMS e ISS e possivelmente haverá recursos para quitarmos também outras despesas da folha, como as consignações bancárias." Leonardo Busatto, secretário municipal da Fazenda.
"Neguei a prorrogação do prazo para o PT substituir o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na cabeça de chapa presidencial. Não há motivos para prorrogar o prazo para o PT substituir o nome do ex-presidente na chapa. Não se justifica, contudo, o deferimento do pedido de sustação da eficácia do acórdão recorrido, ainda que na pretensa extensão mínima." Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral.
"O Superior Tribunal de Justiça (STJ) não faz mera revisão das decisões. Não basta perder para recorrer, tem de demonstrar violação da lei federal e, o mais importante, no recurso especial, não há reexame da prova." João Otávio de Noronha, presidente do STJ.
"A jurisprudência está pacificada, não pode o Supremo mudar isso todo mês. Desde que o STF decidiu que a prisão poderia ser depois do segundo grau, o colegiado nunca voltou atrás. Ministros sim, mas o plenário jamais. Não vejo elementos novos que justifiquem a mudança." Também João Otávio de Noronha.
"Ser patriota é ser solidário com o País e cobrar das autoridades o bem comum e investimentos em educação." Zilá Breitenbach (PSDB), deputada estadual.
"Em 2016, um golpe armado por oligarquias e capital internacional abalou a democracia e o Estado de Direito no Brasil. Defendo Lula e refuto a prisão do ex-presidente. Não nos calarão. Este país é nosso." Miriam Marroni (PT), deputada estadual.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia