Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 30 de junho de 2020.
Dia do Economista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 30 de junho de 2020.
Notícia da edição impressa de 30/06/2020.
Alterada em 30/06 às 03h00min
CORRIGIR

Aglomerações compulsórias

A dificuldade de isolamento social nas favelas brasileiras não é novidade na realidade brasileira de 2020, afinal os governos nunca se preocuparam mesmo com a efetiva extirpação da pobreza. A tabulação de uma pesquisa divulgada no sábado instiga ao debate: nessas comunidades onde a precariedade habitacional é o 1º mandamento, a média de pessoas por dormitório é superior a quatro moradores.

A dificuldade de isolamento social nas favelas brasileiras não é novidade na realidade brasileira de 2020, afinal os governos nunca se preocuparam mesmo com a efetiva extirpação da pobreza. A tabulação de uma pesquisa divulgada no sábado instiga ao debate: nessas comunidades onde a precariedade habitacional é o 1º mandamento, a média de pessoas por dormitório é superior a quatro moradores.

A pesquisa sob o título "Data Favela", de 16 a 22 de junho, em 239 favelas de todo o País, entrevistando 3.221 pessoas, foi feita pelo Instituto Locomotiva. Com sede em São Paulo, tem como slogan "Mais do que entender de números, somos especialistas em entender de gente".

Comentários
Marco A. Birnfeld
Marco A. Birnfeld
Informações exclusivas sobre o meio jurídico, notícias sobre processos importantes no Estado e no País. Além de causos lembrados por advogados e juízes, contados com bom humor na seção Romance Forense. Essas e outras pautas estão na coluna Espaço Vital, publicada nas terças e sextas-feiras no Jornal do Comércio.