Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de dezembro de 2018.
Dia de São Silvestre.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Osni Machado

Empresários & Cia

Edição impressa de 31/12/2018. Alterada em 31/12 às 01h00min

Universidade Feevale amplia atuação em 2019

Instituição de Ensino Superior terá nova ofertas de cursos

Instituição de Ensino Superior terá nova ofertas de cursos


/FEEVALE/DIVULGAÇÃO/JC
A Universidade Feevale soma conquistas em 2018 e consolida ainda mais a sua atuação com instituição de Ensino Superior. Entre as iniciativas, estão a criação de nova modalidade de Educação a Distância, com metodologia própria. Foram criados polos em 10 municípios, com investimento inicial de cerca de R$ 3,7 milhões para apoiar os alunos e abrigar as atividades presenciais. Estão previstos mais R$ 1,5 milhão para 2019.
Os polos estão localizados em Campo Bom, Esteio, Gramado, Gravataí; Igrejinha, Montenegro, Nova Petrópolis, Novo Hamburgo, Parobé, São Sebastião do Caí e em Sapiranga. Outro fato relevante, ocorreu em setembro de 2018, a partir da autorização do curso de Medicina Veterinária, o Campus III da universidade, junto ao Feevale Techpark, em Campo Bom, deu início as atividades.
O Campus III passou a permitir a oferta do curso de Medicina Veterinária e, em 2019, do curso de Engenharia Biomédica, entre outros. Com isso, além da comunidade acadêmica, as empresas instaladas ao redor do Feevale Techpark serão beneficiadas, impulsionando o desenvolvimento regional. Isso até mesmo em função do cluster da saúde, da extensão e da assistência à pesquisa nas áreas de alimentos, vacinas e componentes para a qualidade de vida animal.
A graduação funciona em um prédio doado pelo município de Campo Bom à universidade em 2016, o Condomínio Empresarial Alberto Santos Dumont. Com área total de 2.342,68 metros quadrados, o edifício foi reformado e ampliado para os novos cursos, recebendo investimentos de mais de R$ 4 milhões.
De acordo com o reitor Cleber Prodanov, a ideia é que o Campus III seja um espaço de relacionamento e vocação tecnológica, em que o Campus e o Feevale Techpark sejam porta de entrada para as empresas, onde estas tenham apoio tanto na formação das pessoas quanto na prestação de serviços. A Universidade Feevale e o Feevale Techpark assinaram, em 2015, um termo de cooperação envolvendo 44 entidades e o governo do Estado para o estabelecimento do cluster de tecnologias para a área de saúde no Estado.
O objetivo é de impulsionar o desenvolvimento econômico e melhorar os indicadores de saúde da população, prevendo parceria entre o órgão e universidades, hospitais, empresas, prefeituras, arranjos produtivos locais. O curso de Medicina Veterinária contará com Hospital-Escola Veterinário, com previsão de área construída de 4.990 metros quadrados.
Em dezembro, a Feevale deu importante passo em desenvolvimento com a inauguração do Hub One de Criatividade e Inovação. O novo ambiente de tecnologia, empreendedorismo e inovação representa a expansão do parque tecnológico para dentro do campus.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia