Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de maio de 2019.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Edição impressa de 14/05/2019. Alterada em 13/05 às 23h09min

Nada a reclamar

A campanha do Inter no Brasileirão é além de satisfatória: uma compreensível derrota para o Palmeiras fora de casa e duas significativas vitórias no Beira-Rio, contra fortes candidatos ao título. Domingo os colorados foram flagrantemente superiores ao Cruzeiro e, não fosse o vacilo de D'Alessandro ao errar o pênalti, estamparia uma goleada histórica no placar. Uma semana de descanso e um jogo fácil contra o CSA podem levar o time a encostar nos líderes.
Óculos para Thaciano
"O Grêmio não venceu por detalhe". A declaração é de Thaciano, que jogou pouco e viu menos ainda o que houve na Arena Corinthians. Afora a bola na trave, em um lance de alta categoria de Luan, o Tricolor nada produziu, apenas soube defender-se, com sua zaga quase imbatível - o quase fica por conta de Geromel, que Love entortou na área e só não marcou porque Paulo Victor fez mais um milagre. O time é bom, precisa e certamente vai reagir e chegará ao seu lugar, como diz Renato. Mas antes tem que olhar para seus erros e corrigi-los, ao invés de tentar escondê-los.
Grenal na Liberta, agora?!
Não deu para esperar pelo sorteio na Conmebol, mas apesar da pouca chance de ocorrer, seria um crime Grêmio e Inter disputarem tão precocemente uma única vaga na Libertadores. Há quem anseie por esse desfecho logo em seguida - certamente algum torcedor que gosta de viver perigosamente -, o que seria estimulante para o vencedor e desinteressante para o futebol gaúcho. Apesar do desnível na tabela, com o Tricolor temporariamente encalhado na Z-4, vejo equilíbrio entre os times da dupla.
Redes sociais
Os internautas têm liberdade para fazer e escrever o que quiserem. Sábado o goleiro Sidão falhou escandalosamente e recebeu da Globo o troféu de melhor do jogo Vasco 0x3 Santos, por escolha nas redes sociais. O deboche oficializado me desperta reflexão sobre o poder dos anônimos.
Pitacos
  • Saberá o STJD punir a violência de Edilson sobre Nico López, com o peso merecido?
  • Giuliano Capeletti de Oliveira informa que neste ano vai ocorrer aqui no Rio Grande o Brasileirão de boxe.
  • Gremistas me perguntam sobre David Braz. Bom zagueiro sim, mas longe do grande Kannemann. Gil, sim, estaria à altura dos titulares.
  • Reafirmo minha dúvida sobre Everton: sua cabeça já está na Europa? Sábado ele acertou o tiro ao alvo na mão de Fagner. E só. O Grêmio precisa do Cebolinha de antes! Assim é melhor vender e segurar os demais.
  • Brasil de Pelotas, lanterna absoluto após três derrotas, duas em casa. Tem que reagir logo ou será mais um ano de sofrimento.
  • Tenho especial carinho por Bento, fiquei feliz com o retorno do Esportivo ao Gauchão. O estádio está bem arrumadinho, falta melhorar o gramado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia