Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 23 de outubro de 2018.
Dia da Aviação e do Aviador.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 22/10/2018.
Alterada em 23/10 às 08h19min
COMENTAR | CORRIGIR

Paixão pelo café mostra avanço na terra do chá

Consumo do produto pelos chineses aumenta 22% ao ano desde 2006

Consumo do produto pelos chineses aumenta 22% ao ano desde 2006


/THIAGO COPETTI/ESPECIAL/JC
Thiago Copetti
Fundada em outubro de 2017, a start up criou um ágil e moderno modelo de negócio em um mercado tradicional.
A maior parte das vendas é de entrega de café, pedido e pago por um aplicativo, com a meta de chegar ao cliente em até 30 minutos.
Além de lojas próprias, também é instalada dentro de empresas, centros de compras e eventos.
Cada unidade é, na verdade, um pequeno centro de moagem, confecção e entrega. O café é moído e torrado na hora, pago somente por telefone, e enviado na mesma hora ao cliente.
Como seu forte é o delivery, metade de lojas são, na verdade, dedicadas apenas aos pedidos on-line.
Esses pontos funcionam como pequenos centros de produção estrategicamente posicionados em áreas de maior consumo.

Quem é Luckin Coffee?

- Fundada em outubro de 2017, a start up criou um ágil e moderno modelo de negócio em um mercado tradicional.
- A maior parte das vendas é de entrega de café, pedido e pago por um aplicativo, com a meta de chegar ao cliente em até 30 minutos.
- Além de lojas próprias, também é instalada dentro de empresas, centros de compras e eventos.
- Cada unidade é, na verdade, um pequeno centro de moagem, confecção e entrega. O café é moído e torrado na hora, pago somente por telefone, e enviado na mesma hora ao cliente.
- Como seu forte é o delivery, metade de lojas são, na verdade, dedicadas apenas aos pedidos online.
- Esses pontos funcionam como pequenos centros de produção estrategicamente posicionados em áreas de maior consumo
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Thiago Copetti

A convite do Centro Internacional de Imprensa da China, o repórter está participando de um intercâmbio no gigante asiático. No blog Conexão China, apresentará, além de informações econômicas e políticas da segunda maior economia do mundo, também curiosidades culturais e gastronômicas, dicas de turismo e como é o cotidiano da vida em Pequim.