Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 19 de julho de 2020.
Nelson Mandela Day.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 19 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 05/06/2020.
Alterada em 04/06 às 23h07min

As cores do outono

JAIME TURRA/DIVULGAÇÃO/JC
O plátano é uma das árvores que ficam mais bonitas no outono, porque as folhas mudam de cor. O da foto não é um plátano qualquer. Tem 110 anos de idade e foi plantado por Sebastião Turra na localidade de Vila de Campo Alegre, interior de Porto Mauá. Quem cuida dela é o bisneto de Sebastião, Jaime Turra.
O plátano é uma das árvores que ficam mais bonitas no outono, porque as folhas mudam de cor. O da foto não é um plátano qualquer. Tem 110 anos de idade e foi plantado por Sebastião Turra na localidade de Vila de Campo Alegre, interior de Porto Mauá. Quem cuida dela é o bisneto de Sebastião, Jaime Turra.

Historinha de sexta-feira

Certa vez, o filósofo do futebol Neném Prancha sentenciou que o pênalti era algo tão sagrado que deveria ser batido pelo presidente do clube. Trazendo esse conceito para o mundo dos microfones, esse instrumento vocal deveria ser ligado e desligado pelo diretor da rádio ou televisão.

Gente famosa já deu mancadas homéricas que transforaram suas vidas em um inferno. Foi o caso desta semana, quando o ministro do STF Gilmar Mendes soltou um palavrão sem saber que ainda estava aberto para o mundo.

Acontece nas melhores famílias. É coisa de gnomo malvado, eis que todos são. Há alguns anos, um jogador de futebol entrevistado por repórter da TV sobre seu baixo rendimento, ingenuamente, deu a seguinte explicação:

- O problema é que me deu uma caganeira daquelas.

Pobre rapaz. Se tivesse mais luzes, deveria ter dito de outra forma.

- O problema é que me deu um derrame intestinal.

Aumento de mortalidade

Infelizmente, a mortalidade de estabelecimentos tradicionais vai aumentando. A Casa Augusto, na rua Vigário José Inácio, ao lado da Igreja do Rosário, faleceu na provecta idade de 138 anos. Vendia couros e artigos para calçados, como as úteis calçadeiras de cabo curto e longo. É coisa que não se acha na esquina. Nem loja de sapatos mais as disponibilizam.

Margem bem generosa...

Não passa dia sem que alguma instituição projete o número de casos e mortes em um determinado tempo. A OMS já projetou 188 mil mortes no Brasil até o início de agosto, enquanto a Casa Branca fala em 120 mil. Já houve cálculos bem mais catastróficos, como 244 mil mais no início. O problema é que há fatores dinâmicos a considerar nesses modelos matemáticos.

...modelo Osvald de Souza

Mas nem sempre combinaram com os russos. A margem de erro é de 95%, no caso do estudo da Universidade de Washington, que calculou 120 mil mortes até o dia 5 de agosto, mas com margem entre 70 mil e 125 mil óbitos. Nos anos 1980, quando não dava zebra, o matemático Osvald de Souza, às vezes, previa para o Fantástico o número de acertadores da Loteca, tipo "entre 10 e 100".

O perigo vem do ar

Em 2026, haverá 1 milhão de drones fazendo entregas do varejo no mundo. O cálculo é da Consultoria Gartner. Valha-nos, meu bom Deus, e livrai nossos cocurutos de panes desses bichinhos alados sem piloto a bordo. Certamente chegará o tempo em que teremos azuizinhos do ar. Vai ser mais uma novidade tecnológica que dará - literalmente - dor de cabeça.

Quem há de dizer

Como na música de Lupicínio Rodrigues, quem diria, há seis meses, que o dólar atingiria mais de R$ 5,80? E quem diria, há um mês, que a verdinha poderia até cair abaixo de
R$ 5,00? Tudo na vida é câmbio. Você dorme ganhando xis em dólares e acorda ganhando meio xis. Ou o contrário.

Comida a quilo

O trabalho em casa veio para ficar, dizem praticamente todos os que se dizem especialistas no ramo. Talvez não. Tudo que é novidade no início, em seguida, pode virar chatice. Depois de todo esse tempo, uma boa parte, se não a maior, quer mais é socializar. É como bufê de comida a quilo. No início é tudo divino e maravilhoso, mas, depois, se começa a ver defeitos, e, em seguida, se enjoa do tempero.

Sem novidades no front

Pesquisa feita pela Federação Internacional de Jornalistas no Brasil mostra que 61,25% relatou aumento de ansiedade e de estresse. Nenhuma anormalidade. Quem entra na chuva é para se molhar. Mostre-me um jornalista sem estresse e vos mostro um jornalista alheio à realidade.

Do meio, mas na ponta

Arroio do Meio é o primeiro município do Vale do Taquari (composto por 36 cidades) a ter o seu Serviço de Inspeção Municipal reconhecido para adesão junto ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura. Permitirá que as agroindústrias e os abatedouros arroio-meenses licenciados possam comercializar seus produtos em todo o País.

Breve aqui

Com 30 anos de experiência atacadista, o Prass Super e Atacado abre, no dia 12 de junho, suas portas no Urban Center Conventos, em Lajeado. Com investimento de R$ 7 milhões em 4,7 mil metros quadrados, tem fácil acesso pela BR-386 e pela RS-421. É um empreendimento do Richter Gruppe.

Correção

Em nota publicada na quinta-feira, a página comentou a música que fala no "mesmo parque e mesmo jardim" como se fosse de Roberto Carlos, quando ela foi gravada por ele. É de autoria de Ronnie Von.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.