Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 23 de julho de 2020.
Notícia da edição impressa de 12/12/2019.
Alterada em 11/12 às 21h38min

Na economia circular da CMPC...

pg3 Maurício Harger, presidente CPMC - fernando albrecht

pg3 Maurício Harger, presidente CPMC - fernando albrecht


/FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
A CMPC realizou, ontem, uma coletiva para mostrar os números minuciosos da empresa de celulose, incluindo geração de empregos diretos e indiretos, impostos recolhidos em toda a economia circular, como define o diretor Mauricio Harger (foto). Tudo é superlativo na planta de Guaíba. São números e dados que estão desdobrados em matéria nesta edição. Basta dizer que, dos R$ 1,4 bilhão gastos com materiais e serviços, 99% são comprados no Brasil, e 70% adquiridos no Rio Grande do Sul. Mas é nos detalhes que as grandes empresas se destacam.
A CMPC realizou, ontem, uma coletiva para mostrar os números minuciosos da empresa de celulose, incluindo geração de empregos diretos e indiretos, impostos recolhidos em toda a economia circular, como define o diretor Mauricio Harger (foto). Tudo é superlativo na planta de Guaíba. São números e dados que estão desdobrados em matéria nesta edição. Basta dizer que, dos R$ 1,4 bilhão gastos com materiais e serviços, 99% são comprados no Brasil, e 70% adquiridos no Rio Grande do Sul. Mas é nos detalhes que as grandes empresas se destacam.
 

...até a produção de mel circula

Entre outras ações, a CMPC permite que 120 apicultores utilizem as suas florestas sem custo algum, com uma condição. Daniel Ramos, diretor de Comunicação e Relações Institucionais, conta que 120 apicultores podem ter apiários, mas devem doar 8% das 120 toneladas que as abelhas produzem para 23 Apaes selecionadas pela CMPC; estas, por sua vez, revendem o excelente mel de eucalipto para consumidores, obtendo, assim, uma boa renda para sua manutenção. O que mostra que o mel também é economia circular.

Momento tango

Algumas vezes surge uma brecha musical para concorrer com a algazarra do comércio informal do Centro. Ontem de manhã, o romantismo ganhou espaço da Galeria Chaves com Carlitos Magallanes executando tangos com seu bandoneon. Casais de dançarinos abrilhantaram este raro momento.

Casório chique

Em cerimônia discreta com a presença apenas das famílias e alguns amigos, Simone Leite, presidente da Federasul, casou-se, recentemente, com o produtor rural Rodrigo Sousa Costa, ex-presidente da Associação Rural de Pelotas. O casório aconteceu na Vila Olinda, Nova Petrópolis. Flávio Mansur, colunista social do Diário Popular de Pelotas, descreveu o vestido de Simone como "um modelo da linha romântica, com cauda e véu curto".

Boas práticas

A Planalto Transportes e a Viação Ouro e Prata foram as vencedoras do principal prêmio do setor de transporte rodoviário do País, o Prêmio ANTP-ABRATI 2019 - Boas Práticas do Transporte Terrestre de Passageiros. As empresas gaúchas se destacaram por desenvolver soluções tecnológicas que melhoraram a prestação do serviço ao passageiro.

Convite à tragédia

Preocupada com o número de atropelamentos, a EPTC deflagra ações em regiões com grande concentração de idosos. Até ontem, morreram 70 pessoas no ano, sendo 11 idosos. É forçoso reconhecer que parte da população - inclusive idosos - dá chance ao azar. É quase inacreditável observar, além dele, grávidas ou com crianças pequenas atravessando a rua ou com sinal vermelho ou a metros da faixa da segurança. Sem falar nos pedestres absortos no celular. Parece que todo mundo pirou.

Ponte internacional

Em reunião em Entre-Ijuís com prefeitos e lideranças políticas como o deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT), o superintendente regional do DNIT nas Missões e Noroeste gaúcho, Luiz Augusto Bassani, confirmou que todos os documentos necessários para a formulação do edital de licitação do projeto da Ponte Internacional Brasil-Argentina, em Porto Xavier, foram entregues. A licitação não deve demorar, comentou Bassani.

Da lagosta ao lambari

A licitação para suprir a despensa e a adega do STF, aquele das lagostas e vinhos, repercutiu tanto que o TCU estabeleceu algumas regras, como conta o jornalista Carlos Brickmann. O cardápio chiquérrimo só vale para eventos em que participem pelo menos duas altas autoridades. Isso abre um problema. Se uma alta autoridade vier sozinha ao Supremo, qual a boia que servirão? P.F.?

Breve aqui

Em algum momento de janeiro em diante, a Capital vai ser um canteiro de obras. Vão até fechar os buracos nas vias principais; das secundárias, só Deus sabe. Todo ano eleitoral é assim. Buraco passado não tira votos porque a memória é curta.

Miúdas

EX-COMENTARISTA esportivo da Rádio Sideral de Getúlio Vargas, Odacir Klein pede à direção do Inter que mantenha Rafael Sobis no elenco.

SOB ameaça do governo de vetar os R$ 3,8 bilhões para o Fundo Eleitoral, o Congresso deve reduzir o butim para míseros R$ 2,5 bilhões.

MUITA gente decidiu tirar férias em dezembro, então a Capital tem trânsito com melhor fluidez. Mas há congestionamentos pontuais.

LOTAÇÕES (e até alguns ônibus) trafegam fora das faixas exclusivas dos ônibus. Fácil: não há fiscalização.

NESTAS vias os carros tinham três pistas; com o corredor, ficaram com duas; a prosseguir a invasão das lotações, uma.

ANTIGAMENTE, a travessa Acilino de Carvalho (Rua 24 Horas) no Centro Histórico era conhecida como Beco do Mijo. Podia voltar a sê-lo. Tudo a ver.

LEIS são como teias de aranha, as moscas grandes passam e as pequenas, não. (Honoré de Balzac)

Finais

GERMANO Rigotto segue muito solicitado. Hoje, o ex-governador palestra em Farroupilha; no sábado, em Brasília; e, na segunda-feira, em Porto Alegre. FINALMENTE a colenda aprovou PL do Executivo que prevê indenização em caso de atraso no pagamento do 13º dos servidores. CHAMA a atenção um balanço adaptável para crianças com deficiência no Shopping Iguatemi.

Comentários CORRIGIR TEXTO
Fernando Albrecht
Fernando Albrecht
Informações exclusivas em notas curtas, objetivas e bem-humoradas. Bastidores da política, observações econômicas, causos do cotidiano e um olhar diferenciado sobre a vida urbana estão na coluna Começo de Conversa.