Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 23/01/2019. Alterada em 22/01 às 01h00min

Começo de Conversa

Sobre a nota relativa ao voto secreto no Congresso Nacional (coluna Começo de Conversa, Jornal do Comércio, 18/01/2019), meu questionamento é se, no dia e na hora da votação, o deputado ou senador pode votar abertamente, declarar, explicitamente, em alto e bom som, o nome que está votando, ou seja, nominar seu "eleito" em plenário, na hora da votação. Em entrevistas, após a votação, eles dizem o que mais lhes convêm. Quero comprometimento e clareza na hora do voto, ao vivo, com TV filmando. Pode? (Carlos Alberto Schneider)
Posse de armas
O presidente Jair Bolsonaro assinou, no último dia 15, decreto que facilita a posse de armas de fogo. O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho (desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento). Deve-se considerar que o decreto diminui as dificuldades para comprar e ter a posse de armas. A arma registrada ficará na residência da pessoa que a registrou. (Danilo Guedes Romeu)
Celular
Aviso na entrada de uma igreja da França: Ao entrar nesta igreja, é possível que escute a chamada de Deus. No entanto, é improvável que Ele ligue para o seu telemóvel. Por isso, pedimos que o desligue. Se quiser falar com Deus, entre, escolha um lugar sossegado e fale com Ele. Mas, se quiser vê-lo, mande-lhe uma mensagem de texto quando estiver dirigindo! (Adelino de Oliveira Soares)
Corrida de cachorros
Em novembro de 1999, foi realizada uma corrida de cachorros em Arroio Grande, no Sul do Estado. O vizinho município de Pelotas ficou conhecido, então, em todo o País, pela divulgação da corrida na tevê. Até mesmo cachorros de raça, vindos do Uruguai, participaram da competição. E eles correm mais do que cavalos de corrida. Foi um golaço promocional de Arroio Grande. Mas nunca mais tivemos notícia sobre as corridas de cachorros naquela cidade. (Hélio Freitag, jornalista, Pelotas/RS)
Trânsito
Com as férias, Porto Alegre está com um trânsito muito calmo. Apesar da quantidade de veículos que ainda ficaram na Capital, pode-se andar com calma. (Mauro Fernandez)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia