Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 19 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Edição impressa de 19/09/2018. Alterada em 19/09 às 00h18min

Das Uber

LINO MIRGELER/DPA/AFP/JC
O Uber atrai a ira dos taxistas de todo o mundo, embora existam outros aplicativos. É a chamada "uberização". Paga pelo pioneirismo de ser a maior frota mundial e não ser dona de nenhum carro. A foto mostra um protesto e bloqueio de rodovia dos taxistas de Munique, na Alemanha. A categoria reclama que as novas regras enfraquecem os padrões mínimos para as empresas de táxi.
 

Complicador

Há uma complicada equação a ser resolvida nesta eleição. Pelas recentes pesquisas, as rejeições de Fernando Haddad e Jair Bolsonaro (PSL) se equivalem dentro da margem de erro. Em torno de 48% dos eleitores dizem que não votariam em um candidato de Lula, enquanto Bolsonaro tem a rejeição de 44%. Mesmo assim, o PT trabalha com a possibilidade, pequena que seja, de vencer já no primeiro turno. Vale o mesmo para Bolsonaro.

Indulto a Lula

Pela primeira vez, Fernando Haddad se desvencilhou de Lula. Disse, em entrevista à Rádio CBN, que, se eleito for, não concederá indulto a Lula. Foi um "não" mais seco que o Deserto do Atacama, mas foi.

Desconforto

É muita gente a dizer que, apesar de terem tomado a vacina contra a gripe, mesmo assim, pegaram o vírus. E não apenas uma, mas duas vezes. Cepa nova ou a vacina não cobriu todas as possibilidades?

Mal de assessor I

Se existe um inferno em vida, parte dele é ocupado por assessores de parlamentares candidatos à reeleição e também de quem tenta uma vaga pela primeira vez. Muitos deles trabalham 20 horas por dia dedilhando smartphones e tablets onde quer que estejam, o que lhes vale uma bela tendinite, entre outros desgastes físicos e psicológicos.

Mal de assessor II

No primeiro caso, o estresse é duplo. Se o patrão não se reeleger, ele fica na rua da amargura; caso seja reeleito, não há garantia de lugar no gabinete. O desgaste causado pelas cobranças selvagens é tão grande que boa parte se pergunta se realmente vale a pena encarar a boca entaipada. Patrão político quase sempre quer missão impossível.

Expo Supermercados

Passo Fundo recebe, nos dias 25 e 26 de setembro, a 18ª edição da Expo Supermercados. O evento vai ocorrer no estacionamento coberto do Stok Center (avenida Brasil Leste, 2.333), onde os visitantes poderão conhecer uma situação real com produtos expostos como nos supermercados.

Sem chance

A Unesco Brasil estima em 10 anos os trabalhos de recuperação do Museu Nacional do Rio de Janeiro, consumido por um incêndio no dia 2 de setembro. Dito assim, parece até uma boa notícia, mas não é. Podem reerguer paredes e teto, mas o acervo de 20 milhões de peças se foi para sempre, salvo um e outro salvado do incêndio. Recuperação? Que recuperação, cara pálida?

Celeiro de vices...

Muito já se falou, nesta campanha, que o Rio Grande do Sul é um celeiro de candidatos a vice-presidente, afinal, dos 13 nomes que concorrem ao Planalto, cinco têm um representante gaúcho compondo a chapa: Ana Amélia Lemos (PP), Germano Rigotto (MDB), Hamilton Mourão (PSL), Manuela d’Ávila (PCdoB) e Léo Alves (PPL) estão na disputa.

...e a Famecos

O que pouco se falou é que celeiro de vices, mesmo, é a Faculdade de Comunicação da Pucrs (Famecos). Ali, se formaram duas jornalistas que estão em destaque na eleição: Manuela, vice de Fernando Haddad (PT), e Ana Amélia, vice de Geraldo Alckmin (PSDB).

Miúdas

  • NUNCA antes na história desta cidade o Centro Histórico esteve tão bagunçado. Os camelôs reinam.
  • NA esquina da Salgado Filho com a Borges de Medeiros, uma banca de frutas ocupa metade da calçada.
  • UM dia, algum camelô levará o filho ao teto de algum prédio do Centro e dirá "um dia, tudo isso será teu". Herança.
  • NICOLÁS Maduro está sendo bombardeado nas redes sociais porque frequentou restaurante famoso na Turquia.
  • PREÇOS da casa vão até US$ 250, mas não se sabe se ele pagou ou foi gentil oferecimento da esquerda caviar.

Finais

  • DUAS inaugurações de supermercados de cooperativas: a Santa Clara inaugurou o 11º em Carlos Barbosa, e a Languiru abriu seu sétimo supermercado em Cruzeiro do Sul.
  • ORQUESTRA Rosariense sob a batuta do professor Estevão está entre os finalistas do Prêmio Responsabilidade Social do Sinepe.
  • HOSPITAL Divina Providência realiza, neste sábado, mutirão gratuito de prevenção/cuidados de doenças cardiovasculares.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia