Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 31 de outubro de 2019.
Dia das Bruxas.

Jornal do Comércio

Notícia da edição impressa de 10/09/2019.
Alterada em 31/10 às 14h22min
COMENTAR | CORRIGIR

Tributo a Sinatra

Gustavo Bing em cena do show Sinatra 1915 Tribute

Gustavo Bing em cena do show Sinatra 1915 Tribute


/EDU DEFERRARI/DIVULGAÇÃO/JC
Com duas sessões esgotadas no Teatro do Bourbon Country, Gustavo Bing só confirmou e superou tudo o que se prenunciou em seus primeiros shows em que revive a trajetória musical dos primeiros anos de carreira de Frank Sinatra. Aos 20 anos, Gustavo dominou a cena amparado por uma potente orquestra composta por 28 músicos, cenário primoroso e um estilo inconfundível que remetia em tudo ao mito inspirador do show Sinatra 1915 Tribute. Com voz afinada, porte elegante e atento aos detalhes de figurino e trejeitos de Sinatra, Bing reinventa o cantor e prova que o que é bom não envelhece, só depende de talento e ousadia para renascer. E, claro, muita voz - isso, ele tem de sobra.
Com duas sessões esgotadas no Teatro do Bourbon Country, Gustavo Bing só confirmou e superou tudo o que se prenunciou em seus primeiros shows em que revive a trajetória musical dos primeiros anos de carreira de Frank Sinatra. Aos 20 anos, Gustavo dominou a cena amparado por uma potente orquestra composta por 28 músicos, cenário primoroso e um estilo inconfundível que remetia em tudo ao mito inspirador do show Sinatra 1915 Tribute. Com voz afinada, porte elegante e atento aos detalhes de figurino e trejeitos de Sinatra, Bing reinventa o cantor e prova que o que é bom não envelhece, só depende de talento e ousadia para renascer. E, claro, muita voz - isso, ele tem de sobra.

Festa anos 80

Isabel da Costa Franco e Eduardo Peña na Festa Anos 80, no Juvenil

RODRIGO ENTITY_amp_ENTITY CASSIANA/DIVULGAÇÃO/JC
Isabel da Costa Franco e Eduardo Peña na Festa Anos 80, no Juvenil

ALJ

Gabriel De Carli e Vitória Andreatta De Carli, na ALJ

RODRIGO ENTITY_amp_ENTITY CASSIANA/DIVULGAÇÃO/JC
Gabriel De Carli e Vitória Andreatta De Carli, na ALJ
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Ivan Mattos traz com exclusividade conteúdos sobre estilo de vida, turismo, atrações culturais e eventos de interesse para a sociedade gaúcha. A sua conexão com o que de mais importante acontece em Porto Alegre e no RS!