Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021.
Dia do Atleta Profissional.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021.
10/02/2021 - 15h21min.
Alterada em 10/02 às 15h21min

Volvo promove contratações em sua fábrica de caminhões de Curitiba

Operação brasileira atende a toda a América Latina, maior mercado mundial para os pesados da marca

Operação brasileira atende a toda a América Latina, maior mercado mundial para os pesados da marca


VOLVO/DIVULGAÇÃO/JC
A empresa inicia 2021 aumentando o ritmo da sua operação industrial na capital paranaense. Para suprir o aumento consistente na demanda por caminhões, a Volvo contratou 400 colaboradores extras - com as novas admissões, o número de empregados neste início de ano (3.800) já é maior do que no período anterior à pandemia.
A empresa inicia 2021 aumentando o ritmo da sua operação industrial na capital paranaense. Para suprir o aumento consistente na demanda por caminhões, a Volvo contratou 400 colaboradores extras - com as novas admissões, o número de empregados neste início de ano (3.800) já é maior do que no período anterior à pandemia.
“A América Latina é a maior região de negócios de caminhões da Volvo no mundo, mesmo diante do cenário econômico adverso criado pelo coronavírus”, diz Wilson Lirmann, presidente do grupo sueco na região.
A companhia percebe sinais positivos de recuperação econômica no Brasil, principal mercado do continente. Com a retomada de alguns segmentos produtivos desde o segundo semestre do ano passado, a Volvo estima que as vendas de caminhões pesados e semipesados, segmentos em que atua, tenham um crescimento de até 40% em 2021.
A marca encerrou o ano passado com a entrega de 14.976 caminhões no País, volume 11,1% inferior ao registrado em 2019, mas menor do que a queda global do mercado brasileiro. Na América Latina como um todo, o desempenho em 2020 foi um pouco pior na comparação com o ano anterior: -13%, perfazendo 17.812 veículos entregues. O Brasil representou 85% dos negócios de caminhões da Volvo no continente.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!