Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de setembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 10 de setembro de 2020.
10/09/2020 - 16h57min.
Alterada em 10/09 às 16h57min

BYD fabrica primeiro chassi de ônibus elétrico articulado para piso alto do Brasil

Modelo conta com quatro motores elétricos integrados às rodas, cada um com até 201 cv de potência

Modelo conta com quatro motores elétricos integrados às rodas, cada um com até 201 cv de potência


BYD/DIVULGAÇÃO/JC
O veículo, desenvolvido para os sistemas de transporte público BRT (Bus Rapid Transit), será produzido na fábrica da empresa em Campinas (SP). A linha de montagem possui capacidade de fazer 720 unidades por ano, ampliável para até 1.440 ao ano.
O veículo, desenvolvido para os sistemas de transporte público BRT (Bus Rapid Transit), será produzido na fábrica da empresa em Campinas (SP). A linha de montagem possui capacidade de fazer 720 unidades por ano, ampliável para até 1.440 ao ano.
Com 22 metros de comprimento, o chassi D11A usa baterias de fosfato ferro lítio e oferecerá autonomia de até 250 quilômetros com uma carga completa - que demora até 3,5 horas. “O ônibus articulado piso alto 100% elétrico foi totalmente adaptado para as necessidades dos corredores expressos que têm plataforma de embarque, conseguindo atender tanto a projetos de BRTs já existentes quanto a novos”, diz Marcello Von Schneider, diretor da divisão de ônibus da BYD Brasil.
Os ônibus elétricos causam um impacto altamente positivo na redução de emissões poluentes. Na média, um veículo convencional a combustão consome 90 litros de diesel em um dia de operação - ou seja, cada modelo eletrificado evita a liberação de 110 ton/ano de CO2 na atmosfera.
Atualmente, a planta da BYD instalada no interior do estado de São Paulo produz chassis para ônibus elétricos nas configurações D9W (urbano, 13 metros, piso baixo), D9A (urbano, 13 metros, piso alto), D9F (fretamento), articulado D11 B (piso baixo) e articulado D11A (piso alto).
Comentários CORRIGIR TEXTO
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!