Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 21 de julho de 2020.

Alterada em 21/07 às 14h58min

Chevrolet Bolt EV foi o elétrico mais emplacado do Brasil no primeiro semestre

Segurança é um dos destaques do carro, que possui 10 airbags e sistema de frenagem automática

Segurança é um dos destaques do carro, que possui 10 airbags e sistema de frenagem automática


General Motors/Divulgação/JC
O segmento de carros eletrificados triplicou de tamanho no País nos primeiros seis meses de 2020, totalizando cerca de 7,5 mil unidades licenciadas. O volume soma os modelos híbridos, que combinam um motor a combustão e um elétrico, e os 100% elétricos.
O segmento de carros eletrificados triplicou de tamanho no País nos primeiros seis meses de 2020, totalizando cerca de 7,5 mil unidades licenciadas. O volume soma os modelos híbridos, que combinam um motor a combustão e um elétrico, e os 100% elétricos.
Entre os veículos puramente elétricos, o Chevrolet Bolt EV liderou as vendas no primeiro semestre. O carro começou a ser distribuído em fevereiro no mercado nacional e, até junho, 82 consumidores já haviam recebido seus exemplares - o produto é importado dos Estados Unidos em lotes.
Atualmente, o Bolt EV é ofertado em 15 cidades, selecionadas com base em estudos de mercado: São Paulo, Santo André, São Bernardo do Campo, Campinas, São José dos Campos (todas em SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba, São José dos Pinhais (PR), Porto Alegre (RS), Florianópolis, Joinville (SC), Recife (PE) e Vitória (ES).
As concessionárias Chevrolet credenciadas para comercializar o automóvel também disponibilizam o aparelho de recarga rápida, para ser instalado na garagem do proprietário. Quatro vezes mais eficiente do que a recarga em uma tomada 220V convencional, o equipamento fornece uma quantidade de energia por hora suficiente para que o Bolt EV rode aproximadamente 40 quilômetros e faz a recarga completa das baterias em cerca de 10 horas.
Já em eletropostos de alta voltagem, bastam 30 minutos de recarga para dar ao carro uma autonomia em torno de 160 quilômetros. O propulsor elétrico do Chevrolet Bolt EV é alimentado por baterias de última geração, com 66 kWh de capacidade, que permitem 416 quilômetros de alcance médio a cada recarga completa.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!