Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de outubro de 2019.

Jornal do Comércio


Alterada em 10/10 às 17h06min
COMENTAR | CORRIGIR

Empresa lança monociclo elétrico de alto desempenho

Pneu mais largo é outro diferencial do KS 16X, proporcionando mais conforto e segurança nas curvas

Pneu mais largo é outro diferencial do KS 16X, proporcionando mais conforto e segurança nas curvas


ELETRICZ/DIVULGAÇÃO/JC
A Eletricz, que vende veículos elétricos portáteis no Brasil, está apresentando um novo produto: o KS 16X. Trata-se de um monociclo elétrico de alta performance – dotado de um motor de 2.200 W de potência, sua velocidade máxima é de 50 km/h.
A Eletricz, que vende veículos elétricos portáteis no Brasil, está apresentando um novo produto: o KS 16X. Trata-se de um monociclo elétrico de alta performance – dotado de um motor de 2.200 W de potência, sua velocidade máxima é de 50 km/h.
A bateria garante até 140 quilômetros de autonomia com uma só carga, sendo que o recarregamento demora cerca de 14 horas com um carregador simples de 1,5 Ah. Há um carregador opcional de 2,5 Ah, que diminui esse tempo para pouco mais de 5 horas.
O preço do equipamento assusta: R$ 13.311,00. Mas, segundo a Eletricz, comparando somente gastos com combustível (carro), passagens (transporte coletivo) e energia elétrica (carregamento da bateria do monociclo), os monociclos elétricos podem ser até 13 vezes mais baratos do que o automóvel e 17 vezes mais acessíveis do que o transporte público. O custo para carregamento da bateria de um monociclo elétrico oscila em função do modelo, porém, a empresa estima um valor por volta de R$ 9,00 ao mês na conta de energia elétrica.
Distribuidora exclusiva da marca chinesa KingSong no mercado brasileiro, a Eletricz foi fundada em junho de 2018 e os monociclos elétricos respondem por 80% das suas vendas. Até dezembro do ano passado, a empresa faturou R$ 700 mil com a comercialização de 150 veículos elétricos portáteis (monociclos, patinetes e bikes).
Em 2019, a Eletricz projeta uma receita de R$ 3 milhões, resultado da venda de 600 veículos, um aumento de 328,5%. “Para 2020, estamos sonhando ainda mais alto. A meta é atingir um faturamento de R$ 5 milhões e vender perto de mil veículos”, planeja Márcio Canzian, um dos sócios da empresa.
Para atingir esse objetivo, a Eletricz apostará em franquias da marca, pretendendo implementar as primeiras ainda no começo do próximo ano. No momento, a empresa mantém apenas um ponto comercial, em São Paulo (SP), além de uma loja virtual (https://loja.eletricz.com.br).
“Com o modelo de negócio das franquias, esperamos abrir oito novas lojas em cidades como Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre e Fortaleza. E queremos dobrar essa quantidade em 2021”, afirma Canzian.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!