Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de setembro de 2019.

Jornal do Comércio

10/09/2019 - 16h48min.
Alterada em 10/09 às 16h49min
COMENTAR | CORRIGIR

Porsche revela seu primeiro carro esportivo 100% elétrico

Taycan é um sedã esportivo de quatro portas com autonomia superior a 400 quilômetros

Taycan é um sedã esportivo de quatro portas com autonomia superior a 400 quilômetros


PORSCHE/DIVULGAÇÃO/JC
As versões de lançamento do modelo são a Turbo e a Turbo S, que se colocam entre os carros mais potentes em produção atualmente pela marca alemã. Opções menos poderosas serão apresentadas pela Porsche ainda este ano. Até 2022, a empresa promete investir mais de € 6 bilhões em eletromobilidade.
Top de linha, o Taycan Turbo S pode render até 560 kW (761 cv) de potência, acelerando de zero a 100 km/h em 2,8 segundos. Sua autonomia é de até 412 quilômetros (na configuração Turbo, o alcance sobe para 450 quilômetros) com uma carga da bateria. A velocidade máxima de ambos os automóveis, que têm tração nas quatro rodas, atinge 260 km/h.
Há dois motores elétricos, um no eixo dianteiro e outro no eixo traseiro do veículo. A transmissão de duas velocidades instalada no eixo traseiro é um desenvolvimento avançado da Porsche. A primeira marcha dá ao Taycan uma aceleração mais acentuada a partir da imobilidade, enquanto a segunda busca eficiência energética.
O Taycan é o primeiro veículo elétrico de produção em série com um sistema de 800 volts, em lugar dos costumeiros 400 volts. A principal vantagem reside no tempo de recarga parcial da bateria: pouco mais de cinco minutos usando corrente contínua provida por uma rede de alta potência, para garantir uma autonomia de até 100 quilômetros.
Com seu design limpo e purista, o Taycan obtém um coeficiente de penetração aerodinâmica baixíssimo, de 0,22 Cx, o que contribui para menor consumo de energia e, consequentemente, maior alcance. No interior do modelo, a Porsche decidiu, de forma inédita, não utilizar couro no acabamento - a opção foi por materiais reciclados inovadores, que se alinham ao conceito sustentável do esportivo elétrico.
Os Porsche Taycan Turbo S e Turbo já estão disponíveis para encomendas na Alemanha, onde custam, respectivamente, € 185.456,00 e € 152.136,00, incluindo equipamento de recarga específico para aquele país. No Brasil, o modelo deve desembarcar em 2020.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia
Vinicius Ferlauto
Vinicius Ferlauto
Acompanhe as informações do setor automotivo: lançamentos de veículos, inovações tecnológicas, investimentos industriais, ações de mercado, energias alternativas e o futuro da mobilidade. Tudo isso e mais em Automotor. Acelere comigo!