Porto Alegre, quinta-feira, 30 de julho de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 30 de julho de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Livros

- Publicada em 03h20min, 16/04/2019.

Direito Agrário

O panfleto Justiça agrária foi escrito por Thomas Paine (1737-1809) no inverno de 1795-1796. Foi redigido durante a Revolução Francesa, enquanto o autor, recém-saído das prisões jacobinas, residia na casa do ministro e futuro presidente dos EUA, James Monroe (1758-1831). Justiça agrária representa o maior grau de radicalidade da reflexão de Paine sobre a pobreza e expõe uma ousada proposta de diminuição das desigualdades, que foi apresentada ao Diretório da Revolução Francesa. A principal contribuição para o pensamento social é ser uma fonte de inspiração e reflexão para o tema da renda básica, hoje amplamente discutido por economistas e cientistas sociais.
O panfleto Justiça agrária foi escrito por Thomas Paine (1737-1809) no inverno de 1795-1796. Foi redigido durante a Revolução Francesa, enquanto o autor, recém-saído das prisões jacobinas, residia na casa do ministro e futuro presidente dos EUA, James Monroe (1758-1831). Justiça agrária representa o maior grau de radicalidade da reflexão de Paine sobre a pobreza e expõe uma ousada proposta de diminuição das desigualdades, que foi apresentada ao Diretório da Revolução Francesa. A principal contribuição para o pensamento social é ser uma fonte de inspiração e reflexão para o tema da renda básica, hoje amplamente discutido por economistas e cientistas sociais.
Justiça agrária - Thomas Paine, Paco Editorial, 76 páginas, preço sugerido R$29,90
 
Comentários CORRIGIR TEXTO