Porto Alegre, terça-feira, 13 de julho de 2021.
Dia do Engenheiro de Saneamento e Dia Mundial do Rock.
Porto Alegre,
terça-feira, 13 de julho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Infraestrutura

- Publicada em 18h55min, 12/07/2021.

Avançam obras sobre a ponte do Rio dos Sinos

Duplicação da ponte iniciou em março deste ano e previsão é que esteja concluída no primeiro semestre de 2022

Duplicação da ponte iniciou em março deste ano e previsão é que esteja concluída no primeiro semestre de 2022


mateus raugust/pmpa/divulgação/jc
As obras de duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos, na BR-116, km 245, foram inspecionadas na sexta-feira passada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O local é considerado ponto de tráfego intenso, por onde circulam diariamente mais de 140 mil veículos. A duplicação da ponte iniciou no primeiro trimestre deste ano e, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a previsão é de que a obra esteja pronta no primeiro semestre de 2022.
As obras de duplicação da ponte sobre o Rio dos Sinos, na BR-116, km 245, foram inspecionadas na sexta-feira passada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O local é considerado ponto de tráfego intenso, por onde circulam diariamente mais de 140 mil veículos. A duplicação da ponte iniciou no primeiro trimestre deste ano e, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a previsão é de que a obra esteja pronta no primeiro semestre de 2022.
Os prefeitos ligados à Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) aproveitaram a visita do ministro e entregaram um ofício solicitando melhorias na BR-116, no trecho entre Porto Alegre e Novo Hamburgo. O encontro ocorreu ao lado da Ponte do Rio dos Sinos, às margens da rodovia, em São Leopoldo. O documento busca assegurar os recursos necessários junto à União para garantir a execução das intervenções.
"As obras de melhoria vão salvar vidas e a economia. É muito importante que por isso reforçamos o pedido para que o governo olhe com muita atenção estas intervenções", afirmou o prefeito de Porto Alegre e presidente da Granpal, Sebastião Melo.
Ao receber a solicitação, o ministro Tarcísio destacou o empenho da bancada gaúcha, que já aportou R$ 28 milhões para melhorias na rodovia. Ele também garantiu que os investimentos serão reforçados pela União, quando forem vencidas obras em Pelotas e Santa Maria.
"Vamos olhar com atenção, porque não adianta a gente caminhar tanto pela duplicação da 116, sem olhar o todo. Esta intervenção é alta e podemos fazê-la em partes. A gente vai paulatinamente aportando recursos à medida que as obras forem avançando. Também estamos fazendo a suplementação para que a obra não pare e ganhe fôlego, liberando espaço orçamentário para melhorar a vida de quem se comunica entre a Serra e a Capital", afirmou o ministro.
Para o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, a Granpal tem a responsabilidade de brigar por mais recursos para que a obra não pare. A duplicação vai ajudar muito a nossa região economicamente e, do ponto de vista do tráfego, melhorando a acessibilidade em todas as cidades", destacou Vanazzi. De acordo com o documento entregue pela Granpal, a obra possui uma previsão de investimentos de R$ 692 milhões em toda sua extensão.
Os congestionamentos geram um prejuízo de R$ 2,6 milhões por hora na rodovia. No entanto, o DNIT possui orçado apenas
R$ 98 milhões para a execução, o que necessita de um aporte de mais R$ 598 milhões para a conclusão das melhorias previstas.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário