Porto Alegre, quarta-feira, 23 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 23 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aeroportos

- Publicada em 19h40min, 23/12/2020. Atualizada em 19h42min, 23/12/2020.

Aeroporto de Porto Alegre: pavimentação concluída não garante uso da pista ampliada

Sem a retirada de famílias da Vila Nazaré, o novo traçado da pista não pode ser habilitado

Sem a retirada de famílias da Vila Nazaré, o novo traçado da pista não pode ser habilitado


LUIZA PRADO/JC
Patrícia Comunello
O novo traçado da pista do Aeroporto de Porto Alegre está a pavimentação pronta, mas isso não significa que a obra esteja concluída. A ampliação, que faz parte do contrato de concessão da Fraport Brasil, depende ainda da conclusão da chamada Resa, parte final do traçado e área de segurança. Para isso, falta a remoção total da vila que fica no fim do traçado.
O novo traçado da pista do Aeroporto de Porto Alegre está a pavimentação pronta, mas isso não significa que a obra esteja concluída. A ampliação, que faz parte do contrato de concessão da Fraport Brasil, depende ainda da conclusão da chamada Resa, parte final do traçado e área de segurança. Para isso, falta a remoção total da vila que fica no fim do traçado.
Após o término de toda a construção, incluindo a Resa, terá de ser feita a habilitação junto às autoridades aeroportuárias para uso dos 920 metros a mais do traçado. A pista atual passa de 2.280 metros para 3.200 metros. As obras tiveram início no primeiro semestre de 2019, com valor de R$ 135 milhões.  
A finalização da obra depende da saída de mais de 130 famílias que ainda estão na Vila Nazaré, além de  instalações de reciclagem. Muitas famílias que já têm imóvel em residenciais erguidos em contrato do município com a Caixa Econômica Federal não saíram por não ter garantidos espaços para atividades comerciais e para guardar animais, como quem atua com coleta de resíduos recicláveis. 
A Fraport Brasil confirma que a obra total tem prazo de entrega para dezembro de 2021, "o que não podemos garantir em função do atraso da realocação das famílias da Vila Nazaré, devido à pandemia".
Com a pavimentação concluída pelo consórcio HTBM, falta instalar equipamentos de navegação (PAPI) e a sinalização horizontal e vertical, que envolve balizamento da pista de pouso e decolagem, luminárias, placas e pintura, detalha a concessionária.
Após implantar a Resa, terão de ser implantados no setor os equipamentos de auxílio à navegação aérea. "Neste local, o prazo é incerto e sem esses equipamentos a extensão da pista não poderá ser utilizada", adverte a empresa, na nota. 
Em ritmo lento, o término da transferência de famílias da área da vila Nazaré, na Zona Norte de Porto Alegre, é crucial para o término da obra de ampliação da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho.
Em novembro, foi retomada a mudança da vila para o Loteamento Irmãos Maristas, segundo o Departamento Municipal de Habitação (Demhab). O órgão diz que o ritmo de saída dependerá das famílias, em função da pandemia de Covid-19. Não há ainda um cronograma para término da desocupação da área.
VÍDEO: Veja como está a obra e a situação na vila Nazaré
Também falta instalar a última bacia de detenção (BD) da água da chuva das cinco previstas em todo o sítio e que fica no terreno da Nazaré. A saída de moradores não se concentra nos mesmos pontos do terreno, o que dificulta a retomada de obras. Hoje há escombros e casas em pé lado a lado a lado, além de galpões de reciclagem que ficam lindeiros ao muro do aeroporto, que demarca a linha de avanço da obra.
A ampliação do traçado dos atuais 2.280 metros para 3.200 metros permitirá a operação de aeronaves de maior porte.   
O prazo contratual da Fraport Brasil com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é dezembro de 2021. Desde meados do ano, a concessionária vem advertindo que não assegura a conclusão no prazo devido à demora nas remoções.  
VÍDEO: Imagens do Google Earth mostram as etapas da obra da pista
Comentários CORRIGIR TEXTO