Porto Alegre, sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Dia do Trânsito.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 25 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Aviação

- Publicada em 10h49min, 25/09/2020.

Projeto de ampliação do aeroporto de Santo Ângelo deve ser contratado neste ano

Está prevista construção de novo terminal de passageiros e ampliação do pátio para aviões

Está prevista construção de novo terminal de passageiros e ampliação do pátio para aviões


SECRETARIA DOS TRANSPORTES/DIVULGAÇÃO/JC
Os planos para a reforma e ampliação do aeroporto Sepé Tiaraju, de Santo Ângelo, devem decolar no começo de 2021. A estimativa do governo do Estado é de que a empresa que fará os projetos básico e executivo da obra seja contratada até o fim deste ano.
Os planos para a reforma e ampliação do aeroporto Sepé Tiaraju, de Santo Ângelo, devem decolar no começo de 2021. A estimativa do governo do Estado é de que a empresa que fará os projetos básico e executivo da obra seja contratada até o fim deste ano.
Na quinta-feira (24), a Secretaria de Logística e Transportes (Selt) encaminhou o termo de referência – documento que orienta a elaboração do edital – para a Subsecretaria Central de Licitações (Celic).
"Conseguimos a aprovação da Secretaria Nacional de Aviação Civil e reunimos a documentação para que o edital comece a ganhar forma", afirma o secretário Juvir Costella. "Será um ganho enorme à infraestrutura de transportes do Estado, pois atrairá ainda mais pessoas e investimentos a uma região com grande importância econômica e turística."
Os projetos básico e executivo têm custo estimado em R$ 700 mil e preveem a construção de um novo terminal de passageiros, a ampliação do pátio para aeronaves e melhorias na segurança da pista de pousos e decolagens. Os recursos são do Fundo Nacional de Aviação Civil.
Com as obras, o aeroporto poderá receber aeronaves com capacidade acima de 140 passageiros. Hoje, a estrutura do Sepé Tiaraju comporta, no máximo, voos comerciais com aviões de até 72 assentos.
A empresa vencedora da licitação terá prazo de seis meses para concluir os projetos.
Comentários CORRIGIR TEXTO