Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 06 de março de 2019.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Tributos

Edição impressa de 06/03/2019. Alterada em 06/03 às 01h00min

Call center atendeu 239 mil empregadores em seis meses

O call center do eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) atendeu 239.307 empregadores nos primeiros seis meses de funcionamento, entre julho e dezembro do ano passado. Os dados incluem empregadores domésticos. A central de atendimento esclarece dúvidas operacionais, relacionadas ao envio, consulta e edição de dados transmitidos para o eSocial, além de informações sobre a utilização do portal.
O call center atende pelo 0800 730 0888 e opera em âmbito nacional, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados. As ligações devem ser feitas de telefones fixo, das 7h às 19h. São 150 teleatendentes à disposição. A central se destina exclusivamente ao auxílio sobre questões técnicas do sistema. Para esclarecimento de dúvidas relacionada a outras demandas, o empregador deve procurar atendimento diretamente nos órgãos integrantes do eSocial.
O eSocial também disponibiliza o serviço por e-mail. Em seis meses foram recebidas 45.443 mensagens eletrônicas. Os empregadores podem enviar suas dúvidas para o "Fale Conosco" do portal, recebendo as respostas no e-mail informado no formulário.
O eSocial é um sistema que unifica a prestação de informações pelo empregador em relação aos seus trabalhadores, como cadastramento, vínculos, contribuições previdenciárias, folha de pagamento, comunicações de acidente de trabalho, aviso-prévio, escriturações fiscais e informações sobre o FGTS. O projeto é uma ação conjunta da Caixa Econômica Federal, do INSS e das Secretarias Especiais de Previdência e Trabalho e da Receita Federal do Brasil, vinculadas ao Ministério da Economia.
leia mais notícias de Contabilidade
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia