Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 30 de novembro de 2018.
Dia da Reforma Agrária.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Auditoria

Edição impressa de 28/11/2018. Alterada em 30/11 às 11h41min

Grupo Maciel torna-se membro da Russell Bedford International

Maciel diz que mudança irá contribuir para o fortalecimento da empresa no mercado brasileiro

Maciel diz que mudança irá contribuir para o fortalecimento da empresa no mercado brasileiro


/MARCO QUINTANA/JC
Roberta Mello
A empresa de auditoria com matriz em Porto Alegre Grupo Maciel passa a integrar a Russell Bedford International neste mês. Agora, inicia-se o processo de implementação das mesmas metodologias e plataformas tecnológicas da firma de auditoria e consultoria inglesa, e a adoção de nova identidade visual. A companhia brasileira passará a se chamar Maciel Russell Bedford e pretende, ainda, começar, no ano que vem, a abrir espaço para a filiação de firmas já consolidadas em estados em que ainda não está em operação.
"As firmas de auditoria que já operam nos estados sabem a realidade daqueles locais e conhecem os clientes. Através do esquema de franquias - que, no ramo da auditoria, chamamos de filiação -, conseguir crescer mantendo o serviço personalizado, ainda importante para nós, e oferecer modelos de execução modernos", explica o CEO do Grupo Maciel Roger Maciel.
A mudança também irá contribuir para a atração de novos clientes e fortalecimento no mercado brasileiro. "No nosso segmento, temos uma forte competição, principalmente com as Big Four, e enfrentamos a dificuldade do custo de execução de sistemas. As grandes firmas conseguem arcar com esses custos. As menores, não", comenta Maciel, salientando que a empresa irá implantar os sistemas e as tecnologias da companhia internacional.
A Russell Bedford é ranqueada como uma das 20 maiores em seu segmento e conta com 290 escritórios em mais de 100 países na Europa, nas Américas, no Oriente Médio, na África e na Ásia. O Grupo Maciel, por sua vez, tem sua sede em Porto Alegre e está presente também em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Curitiba.
A espécie de "selo de qualidade" conferida pela filiação a uma organização respeitada mundialmente deve possibilitar que a companhia alcance mais clientes do setor privado - nicho importante de ser alcançado nos próximos anos. "Com a nova visão de governo que deve assumir o poder em 2019, inclusive com uma secretaria de privatizações, pretendemos ampliar a prospecção com a iniciativa privada", ressalta Maciel. As empresas privadas ainda optam por contratar as empresas de auditoria que integram o grupo chamado de Big Four - as quatro maiores do segmento.
A agora Maciel Russell Bedford encerra 2018 com crescimento em torno de 35% e pretende manter o ritmo no ano que vem. A expectativa, a longo prazo, é que a marca esteja presente em todas as capitais do Brasil dentro de cinco anos. "Nossa empresa sobe um patamar ao se filiar a uma rede multinacional de firmas de contabilidade e, por possuir suporte internacional, torna-se uma opção viável às multinacionais do setor", comenta o CEO da empresa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia