Porto Alegre, segunda-feira, 09 de maio de 2022.
Porto Alegre,
segunda-feira, 09 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Com a palavra Mauro Santos Filho

- Publicada em 09/05/2022 às 03h00min.

CEO da Medical San projeta ano recorde em 2022

Mauro Santos Filho, CEO da Medical San

Mauro Santos Filho, CEO da Medical San


MEDICAL SAN/DIVULGAÇÃO/JC
Mathias Boni
Em meio a um cenário de instabilidade econômica, a Medical San, empresa gaúcha que produz equipamentos para estética e saúde, chamou a atenção por atingir faturamento recorde em 2021, crescendo 240% em relação ao ano anterior. Fundada por um casal de sócios em 1994, a empresa hoje é presidida pelo filho dos fundadores, o empresário Mauro Santos Filho. Em constante crescimento nos últimos anos, aproveitando a expansão da área da Estética na última década, a Medical San hoje conta com 100 colaboradores diretos e 5 mil indiretos, além de mais de 60 fornecedores e 120 distribuidores presentes em todos os estados brasileiros. Com organização e ações precisas, a companhia continuou se desenvolvendo durante a pandemia, e agora deseja ampliar ainda mais o seu alcance em 2022.
Em meio a um cenário de instabilidade econômica, a Medical San, empresa gaúcha que produz equipamentos para estética e saúde, chamou a atenção por atingir faturamento recorde em 2021, crescendo 240% em relação ao ano anterior. Fundada por um casal de sócios em 1994, a empresa hoje é presidida pelo filho dos fundadores, o empresário Mauro Santos Filho. Em constante crescimento nos últimos anos, aproveitando a expansão da área da Estética na última década, a Medical San hoje conta com 100 colaboradores diretos e 5 mil indiretos, além de mais de 60 fornecedores e 120 distribuidores presentes em todos os estados brasileiros. Com organização e ações precisas, a companhia continuou se desenvolvendo durante a pandemia, e agora deseja ampliar ainda mais o seu alcance em 2022.
Empresas & Negócios - Como foi o início da atuação da Medical San?
Mauro Santos Filho - A Medical San foi fundada em 1994, concentrando atuação na área da ortopedia e fisioterapia. Em 2004 começamos a diversificar, ingressando na Estética, mas ainda sem produção própria. Em 2013 iniciamos a fabricação de equipamentos, e em 2016 começamos efetivamente nossa expansão nacional. Antes, a nossa atuação se restringia a Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e hoje estamos entre os líderes nacionais do setor. Dentro da Estética, nosso core business é a estética não invasiva, produzindo equipamentos para todas ações de tratamentos estéticos, menos cirurgias. Alguns dos produtos que se destacam hoje em nosso portfólio são o Criodermis, a criolipólise mais vendida do Brasil, a Ethernia Cold Smart, primeira Criofrequência fabricada no país, e o Ultramed HIFU, ultrassom micro e macrofocado.
Empresas & Negócios - Como você avalia o crescimento da estética no Brasil nos últimos anos?
Santos Filho - O mercado da estética vem em grande expansão. Até 2020, o MEC emitia 60 mil novos certificados profissionais de estética por ano. Ainda, nos últimos anos, outros profissionais também foram habilitados a trabalhar na área, como os da Odontologia, Farmácia e Enfermagem, o que também impulsiona o mercado e dá uma ideia da demanda. Mas o mais importante é que o conceito de tratamento estético vem sendo compreendido de forma diferente pela sociedade, passando de algo superficial para estar mais ligado à qualidade de vida. Hoje a sociedade entende melhor a importância social e psicológica dos tratamentos estéticos, que ajudam na melhora da autoestima, da qualidade de vida e da saúde mental das pessoas, e isso se reflete na busca pelos produtos.
Empresas & Negócios - Como a pandemia afetou esse mercado e a atuação da Medical San?
Santos Filho - A pandemia foi muito impactante para a Estética. Além de acelerar avanços tecnológicos, reforçou ainda mais a ideia de que não existe nada mais importante que saúde e qualidade de vida. No início da pandemia, nossa primeira ação foi socorrer os colaboradores, fazendo um plano para não demitir nem diminuir salários. A nossa segunda ação foi socorrer os fornecedores, continuando a realizar os pagamentos e fazendo acordos específicos, auxiliando também a cadeia de distribuição. Apesar de inicialmente ter diminuído, nosso fluxo de negócios continuou, então seguimos produzindo esperando a retomada, que para nós começou em julho de 2020. Em setembro, já tínhamos atingido o ponto de equilíbrio do ano, após um período faturando apenas 20% do esperado.
E&N - Esse cenário que se iniciou em 2020 contribuiu para o 2021 de faturamento recorde da empresa?
Santos Filho - Sem dúvidas. Já no início de 2021, nosso mercado estava a todo vapor, com produção em alta e demanda crescente. Como a maioria das pessoas não viajou naquelas férias, continuou tendo uma procura grande por tratamentos estéticos, e o varejo da Estética acabou se fortalecendo. Já em janeiro a gente registrou um crescimento de 300% no mês. Em razão das ações que tomamos, estávamos preparados e estruturados para continuar crescendo durante todo o ano. Além disso, realizamos lançamentos importantes que ajudaram o faturamento, principalmente o Ultramed HIFU, um ultrassom micro e macrofocado que trouxe ótimo retorno. Assim, tivemos este ano passado brilhante, com um faturamento de R$ 84 milhões e 240% de crescimento em relação a 2020.
E&N - Quais são as principais expectativas para 2022?
Santos Filho - O ano de 2022 também promete ótimos resultados. Começamos em fevereiro com o lançamento de uma nova marca, a MedStart, lançada com foco em profissionais que estão começando, saindo da graduação e ingressando no mercado de trabalho. Para o segundo semestre, também programamos outros lançamentos que estão gerando grande expectativa, como um produto de laser para depilação, que tem um mercado muito promissor. Em 2022 temos a meta de dobrar o nosso faturamento de 2021.
E&N - Tem também uma projeção de internacionalização da atuação da Medical San prevista para esse ano, certo?
Santos Filho - Sim, e essa fase de internacionalização, prevista para o segundo semestre, também já gera muita expectativa. Estamos cumprindo os protocolos da agência estadunidense para a regulamentação dos nossos produtos, com foco em ingressar especificamente no mercado dos Estados Unidos. Já temos operações menores em Costa Rica, Argentina e Chile, mas essa entrada neste novo mercado será muito importante, pois teremos lá também uma pequena nova sede, provavelmente em Orlando, que será aberta assim que os registros forem aprovados. Por isso, essa mudança promete ser mais um divisor de águas, e estamos muito ansiosos por esse novo momento.
E&N - E como está o projeto da construção da nova sede?
Santos Filho - A nova sede tem um projeto moderno, com funcionamento automatizado, e com investimento de R$ 8 milhões. Terá em torno de 3.490 m² e será dentro de um parque industrial com um ecossistema próprio para negócios, com diversas empresas e prestadores de serviços, localizado na BR-386, em Estrela. Além das atividades de produção, a fábrica contará com um museu contando a história da empresa, um auditório, salas de escritório, mostruários de produtos, laboratórios, refeitório e muito mais, e vai aumentar a nossa capacidade de produção em até quatro vezes. A previsão de inauguração é para novembro deste ano, e de início da produção em fevereiro de 2023.
 
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO