Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de agosto de 2020.
Dia do Artista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 24 de agosto de 2020.

Empresas & Negócios

Compartilhar

Leitura

- Publicada em 03h00min, 24/08/2020.

Digital

Acompanhe as resenhas semanais no caderno JC Empresas &Negócios

Acompanhe as resenhas semanais no caderno JC Empresas &Negócios


reprodução/jc
Pela primeira vez, 21 dos mais influentes líderes do mercado digital brasileiro estão reunidos em um livro para desvendar a complexidade desse setor. Nas entrevistas exclusivas que obteve dessas lideranças, Gabriel Lima buscou explicações para questionamentos, até então, sem respostas evidentes, e lançou "Líderes Digitais: um Ensaio Sobre Como Gerir Negócios Digitais na Visão de 21 Líderes Brasileiros".
Pela primeira vez, 21 dos mais influentes líderes do mercado digital brasileiro estão reunidos em um livro para desvendar a complexidade desse setor. Nas entrevistas exclusivas que obteve dessas lideranças, Gabriel Lima buscou explicações para questionamentos, até então, sem respostas evidentes, e lançou "Líderes Digitais: um Ensaio Sobre Como Gerir Negócios Digitais na Visão de 21 Líderes Brasileiros".
Nas últimas décadas, os negócios digitais se consolidam com a popularização da tecnologia e modificam todos os setores produtivos, ocasionando uma reestruturação de nossa sociedade. Desde o seu aparecimento, esse mercado só cresce. Por isso, chegar à liderança de grandes operações digitais é objetivo comum a muitos profissionais. Porém, sua dinâmica exige líderes com conhecimento técnico, capacidade de relacionamento, habilidade de comunicação e visão estratégica.
Os negócios digitais moldam novas formas de existência. Se, por um lado, ajuda a fazer mudanças sociais por meio do crescimento econômico, temos de considerar possíveis contratempos em virtude da criação de novos modelos de trabalho. As 21 lideranças entrevistadas neste livro refletem detalhadamente acerca desse cenário. O pensamento deles é fundamental para entendermos a evolução e a perspectiva do setor no Brasil.
Líderes Digitais: um Ensaio Sobre Como Gerir Negócios Digitais na Visão de 21 Líderes Brasileiros; Gabriel Lima; Editora Alta Books; 352 páginas; R$ 59,90; disponível em versão digital.

Crise

Resenha Apagando o incêndio, de Ben S. Bernanke, Timothy F. Geithner e Henry M. Paulson Jr., Editora Todavia

Resenha Apagando o incêndio, de Ben S. Bernanke, Timothy F. Geithner e Henry M. Paulson Jr., Editora Todavia


/Reprodução/JC
Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde decretou a pandemia do novo coronavírus. Países ao redor do mundo decretaram medidas de isolamento social para proteger a população. Os efeitos econômicos foram imediatos, e talvez desde a crise de 1929 o mundo não se veja diante de desafio tão abrangente. Não por acaso, voltaram ao debate as soluções adotadas no passado para conter tempestades financeiras, mas os resultados poderiam ser ainda mais catastróficos não fossem as soluções adotadas pelos "bombeiros" que assinam "Apagando o incêndio".
Ben Bernanke, presidente do Federal Reserve, Tim Geithner, presidente do Federal Reserve Bank de Nova York, e Henry Paulson, secretário do Tesouro, estavam à frente de políticas de socorro drásticas e controversas, mas que se provaram necessárias para estabilizar o sistema financeiro. A crise de 2008 é o exemplo mais emblemático. A falta de lastro de papéis ligados ao setor imobiliário levou à falência inúmeros bancos de investimento e mergulhou o mundo num terremoto cujos efeitos são sentidos até hoje.
Neste livro, eles examinam as causas da crise, explicam por que ela foi tão impactante e relatam uma a uma as medidas necessárias para evitar uma depressão como a de 1929. Mais do que rever uma história do passado, no entanto, os autores estão olhando para a frente.
Apagando o incêndio: A crise financeira e suas lições; Ben S Bernanke, Timothy F. Geithner, Henry M. Paulson Jr.; Editora Todavia; 272 páginas; R$ 74,90; disponível em versão digital.
 

Finanças

Finanças para startups, de Bruna Losada, Editora Saint Paul

Finanças para startups, de Bruna Losada, Editora Saint Paul


/Reprodução/JC
Em meio à jornada da vida de uma startup, todo empreendedor experimenta do otimismo extremo ao desespero causador de insônia, às vezes tudo em um mesmo dia. Quanto dinheiro ainda precisarei colocar no negócio? De onde ele virá? Qual o meu cash burn? Qual é meu valuation? Qual o meu ponto de equilíbrio? São todas questões que acompanham o empreendedor ao longo de sua jornada. Em "Finanças Para Startups: o Essencial Para Empreender, Liderar e Investir em Startups", Bruna Losada aborda o tema de forma leve e prática.
A cada nova etapa e desafio enfrentado no negócio, certamente, a chance de sucesso é absurdamente maior fazendo uso das finanças. Não daquelas finanças tradicionais, que parecem ter sido criadas por quem nunca empreendeu, mas das finanças feitas à medida das startups, que podem ser efetivamente um facilitador e uma alavanca de geração de valor na startup.
A obra conduz a leitura em quatro partes. No início, é tratada uma visão geral sobre as finanças para startups. Depois, são vistos temas que abordam como sustentar os próximos passos e conseguir o dinheiro certo, na hora oportuna, no volume adequado, compreendendo nuances de dívida, crowdfunding, angels, fundos de venture capital, laém de como não morrer na praia, abordando o essencial da gestão financeira para o dia a dia das startups.
 Finanças Para Startups: o Essencial Para Empreender, Liderar e Investir em Startups; Bruna Losada; Editora Saint Paul; 376 páginas; disponível em versão digital.
 
leia mais notícias de Empresas & Negócios
Comentários CORRIGIR TEXTO