Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 29 de outubro de 2018.
Dia nacional do Livro e Dia mundial de combate ao AVC.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 29/10/2018. Alterada em 29/10 às 01h00min

História

Quando há o objetivo de entender o futuro da economia mundial, faz-se necessário compreender o curso histórico dessa ciência até hoje. Nesse sentido, o livro Uma Breve História da Economia aborda os caminhos da Economia, desde o seu início até adequar-se aos moldes atuais.
Os termos PIB, juros, investimentos, crédito, livre mercado, intervencionismo, têm se tornado cada vez mais presentes no debate popular. O livro do economista Niall Kishtainy procura analisar esses e outros conceitos que permeia o campo econômico. Longe do academicismo, Kishtainy utiliza uma linguagem acessível dentro de seus capítulos curtos, ordenados cronologicamente como se formou o desenvolvimento da economia humana. De Platão à Karl Marx, John Maynard Keynes e Adam Smith, a obra compreende, desde a época das cavernas aos dias atuais, e, paralelamente, constrói um panorama das grandes ideias e reflexões que surgiram sobre a própria economia.
Para conduzir a história, o autor utiliza-se de episódios cruciais da história, como a invenção do dinheiro, a descoberta do Novo Mundo, a ascensão do capitalismo, as crises de 1929 e 2008, assim como seus ensinamentos e legados, que acabaram influenciando a história da Economia. Destinado à todos que buscam entender as ideias, as forças e os dilemas econômicos que dão forma à sociedade atual, o livro se propõe a mostrar os mais diversos caminhos possíveis dentro da lógica econômica.
Uma breve história da Economia; Niall Kishtainy; L± 288 páginas; R$ 41,90

Transformar

O dinamismo atual do mundo moderno assusta aqueles que não querem ficar para trás. A velocidade com que as informações chegam às pessoas pode assustar quem não está preparado para essa rapidez. Em Elástico, Leonard Mlodinow ensina a liberar a capacidade natural indispensável para progredir nesta época dinâmica: o pensamento flexível.
Nesse sentido, o autor demonstra que todos podem se adaptar a essas mudanças repentinas, dentro de um estilo cognitivo, não linear, que leva a gerar e incorporar novas ideias. Através de histórias e exemplos, Mlodinow desvenda o universo da neurociência e da psicologia de ponta para examinar de que forma o cérebro produz o pensamento flexível e quais os caminhos para aprimorá-lo.
Concomitante ao crescimento de importância da inovação no mercado, o autor utiliza-se de casos de sucesso que, segundo a obra, foram capazes de explorar essa aptidão e acabaram fomentando mudanças de paradigma em nossa cultura. Nessa época de inovações tecnológicas sem precedentes, "Elástico" aponta a necessidade de acompanhar as transformações.
Mlodinow conduz a escrita de forma que o leitor possa também sair da zona de conforto das soluções corriqueiras, superar posturas convencionais e reformular as perguntas que fazemos. Dessa forma, a leitura pretende formar um um pensamento próspero em um mundo em que a capacidade de adaptação se tornou crucial. 
Elástico; Leonard Mlodinow; Editora Zahar; 272 páginas; R$ 59,90; disponível em versão digital
 

ECONOMIA

resenha - empresas - credito divulgação 2

resenha - empresas - credito divulgação 2


/REPRODUÇÃO/JC

Para entender a economia global, faz-se necessário entender as crises e os auges que as nações economicamente mais importantes do mundo ultrapassaram. No livro "Economia no Mundo", Greg Ip, jornalista e principal comentarista sobre economia no The Wall Street Journal, discorre sobre as influências das relações econômicas globais no cotidiano da sociedade como um todo.

Sem os jargões acadêmicos ou termos que demandam conhecimento prévio, o autor analisa como funciona o sistema econômico norte-americano, relacionando-o com o mundial, fazendo o uso de uma linguagem acessível para aqueles que não têm conhecimentos profundos sobre economia. De modo a facilitar a visualização das relações dentro da economia global, Ip traça um panorama geral para que o leitor compreenda como as crises ou outros movimentos da economia de um país acabam influenciando outros e gerando consequências em outros lugares ao redor do globo.

Reconhecendo as interferências do mundo globalizado na economia de cada país individualmente, o escritor utiliza-se da crise financeira e a recessão sofrida pelos Estados Unidos, entre 2007 e 2009, e as medidas importantes para controlá-las, para demonstrar como funciona as relações econômicas entre os países. Com efeitos dessa crise na Europa, no Japão e em outros países, Ip conduz a leitura através dessas relações, demonstrando como o tecido econômico global é interligado e como algumas partes influenciam fortemente outras.

Economia no Mundo;
Greg Ip; Best Business;
256 páginas; R$ 47,90

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia