Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Empresas & Negócios

COMENTAR | CORRIGIR

Leitura

Edição impressa de 23/07/2018. Alterada em 23/07 às 01h00min

Agronegócio

O agronegócio é um tema que vem ganhando cada vez mais destaque na economia nacional - o crescimento na balança comercial externa tem sido responsável por essa ascensão. O livro "Agronegócio: Uma abordagem econômica" foi pensado para atender a uma demanda de livros sobre o assunto, tratado por um viés econômico. Nessa lógica, Judas Mendes busca suprir essa lacuna gerando um paralelo entre os princípios e nuances do agronegócio brasileiro. Ainda, o escritor elabora um panorama sobre o mercado internacional, incluindo fatores chaves para o setor, como comercialização e desenvolvimento econômico, demanda, consumo e produção de alimentos, análise de mercados agrícolas e análise de preços agropecuários.
O texto é repleto de exemplos do contexto atual, de modo que o leitor possa se atualizar e inteirar sobre o tema durante a leitura. Além disso, a obra inclui questões para discussão e revisão, que servem para direcionar e complementar a compreensão do conteúdo apresentado.
Estruturado de maneira didática e objetiva, o livro é indicado para os alunos dos cursos de graduação em agronomia, zootecnia, engenharia agrícola e medicina veterinária, bem como aos alunos de pós-graduação e especialização em economia e administração. Ademais, a obra serve de livro de consulta para os profissionais das áreas de ciências agrárias, ciências florestais e demais áreas correlatas do estudo do agronegócio.
Agronegócio: Uma abordagem econômica; Judas Tadeu Grasi Mendes; Editora Pearson; 384 páginas; R$ 153,00

Poder

A ascensão de um novo poder, viabilizado pelo mundo hiperconectado, trouxe um campo de pesquisa muito extenso na sociedade. As tendências de inovação se firmam no mercado a cada dia. Para entender essas ideias, o livro "O novo poder: como disseminar ideias, engajar pessoas e estar sempre um passo à frente em um mundo hiperconectado" procura analisar cada parte que carrega em seu subtítulo.
Por que certas iniciativas ganham proporções muito grandes enquanto outras não resultam em nada? Para entender o que forma os maiores casos de sucesso atualmente - como o crescimento das megaplataformas (como Facebook e Uber), as vitórias presidenciais inesperadas e surgimento de movimentos gigantescos nas redes sociais - , os escritores Jeremy Heimans e Henry Timms formularam um panorama sobre essas novidades.
O panorama revela a disputa entre dois modelos: o novo poder, que não é mais protegido e inalcançável, com o antigo, mais centralizado e menos colaborativo. A disputa entre eles é o que determina quem nos governa, como trabalhamos e até mesmo como pensamos ou sentimos. A nova forma de poder é dominada, principalmente, por indivíduos comuns, diminuindo a concentração do poder atual. Os autores explicam como construir e usar da melhor forma esse novo poder.
O novo poder - Como disseminar ideias, engajar pessoas e estar sempre um passo à frente em mundo hiperconectado; Jeremy Heimans e Henry Timms; Intrínseca; 336 páginas; R$ 44,90; disponível em versão digital
 

Inovação

A necessidade de inovar, em um contexto empresarial, é cada vez mais sentida. Empresas nascem e morrem cada vez mais rápido e já não é possível adiar a mudança na maneira de como gerenciar um negócio. A grande questão é: como adequar o modelo de negócio tradicional aos modelos de inovação adotados pelas grandes empresas do Vale do Silício?
Com o objetivo de formar essa ponte então o tradicional e o novo, o livro de Pedro Waengertner, aborda todas as etapas de entendimento para aprimorar o funcionamento de uma empresa, atualizando-a e empreendendo nas suas estruturas. Waengertner é empreendedor serial, CEO e cofundador da ACE, aceleradora de startups.
Servindo como um manual para a atualização das empresas, o livro procura explicar as mudanças acontecidas nesta época de transição. Essas mudanças rápidas instiga questionamentos: como a empresa pode se adaptar a isso? Como se colocar um passo à frente das mudanças do mercado? Como reter talentos?
Essas questões são respondidas por Waengertner com a adoção de uma nova postura de experimentação e mentalidade centrada no cliente, por parte dos diretores, tanto para startups quanto para outras empresas. O futuro é das organizações que conseguirem combinar a experimentação e a visão centrada no cliente.
A estratégia da inovação radical - Como qualquer empresa pode crescer e lucrar aplicando os princípios das organizações de ponta do Vale do Silício; Pedro Waengertner; Editora Gente; R$ 49,90
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia