Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 27 de junho de 2019.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

indústria automotiva

27/06/2019 - 18h12min. Alterada em 27/06 às 18h11min

Tecnologias digitais aumentam eficiência de fábrica da FPT Industrial

A FPT Industrial é a marca de powertrain e geradores da CNH Industrial

A FPT Industrial é a marca de powertrain e geradores da CNH Industrial


BRUNO GONZAGA/DIVULGAÇÃO/JC
As atualizações executadas na planta da fabricante de motores, eixos, transmissões e geradores de energia, em Sete Lagoas (MG), envolveram a digitalização da “Compass Room” e o sequenciamento digital de kits de peças utilizados nas linhas montagem.
As atualizações executadas na planta da fabricante de motores, eixos, transmissões e geradores de energia, em Sete Lagoas (MG), envolveram a digitalização da “Compass Room” e o sequenciamento digital de kits de peças utilizados nas linhas montagem.
Situada no centro da fábrica, a Compass Room norteia a estratégia da FPT Industrial em Sete Lagoas. Projeto piloto na América do Sul, a sala 100% digital integra diferentes áreas, facilitando o entendimento na execução de projetos para garantir resultados sustentáveis.
“A grande vantagem dessa tecnologia é o acesso às informações. Conseguimos visualizar o trabalho de cada área, facilitando a análise e indicando projetos prioritários. O conceito moderno e intuitivo permite enxergarmos melhores práticas e ampliar a produtividade”, explica o gerente de operações da planta, Mario Coriale.
O sequenciamento digital dos kits de peças aplicados nas linhas de produção incluiu o uso de veículos de transporte autônomos, assim como o reposicionamento do espaço no qual as equipes de manufatura e engenharia trabalham em conjunto. Tais melhorias viabilizaram que a unidade industrial alcançasse um incremento médio de produtividade de mais de 10% no ano passado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia