Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 14 de setembro de 2018.
Aniversário da cidade de Viamão.

Jornal do Comércio

Automotor

COMENTAR | CORRIGIR

Importados

Edição impressa de 14/09/2018. Alterada em 13/09 às 23h15min

Lexus NX 300h: exclusivamente híbrido

Gerenciamento eletrônico alterna ou alia a potência das duas unidades de força conforme a necessidade

Gerenciamento eletrônico alterna ou alia a potência das duas unidades de força conforme a necessidade


LEXUS/DIVULGAÇÃO/JC
Modelo 2019 do Lexus NX 300h chega ao Brasil equipado apenas com conjunto propulsor que combina motores a combustão e elétrico. Ao lado do hatchback CT 200h, disponível em território nacional desde 2012, e da nova geração do sedã LS 500h, lançada no início deste ano, o NX 300h é o terceiro veículo equipado com tecnologia híbrida a ser comercializado pela Lexus no Brasil. A partir de sua estreia aqui, em 2015, o SUV compacto se consolidou como o principal produto da marca, respondendo por mais de 50% das vendas.
O sistema híbrido do veículo combina dois motores - um a gasolina (de 2.5 litros, quatro cilindros e 16V) e outro elétrico síncrono de imã permanente - que propicia melhor relação peso/potência e maior eficiência -, além de uma bateria híbrida de níquel. O gerenciamento eletrônico varia a potência entre o propulsor a gasolina e o elétrico, alternando ou combinando os dois, conforme necessário.
O motor a combustão possui potência isolada de 155 cv a 5.700 rpm e torque de 209,7 Nm a 4.400 giros. O elétrico, por sua vez, gera sozinho 143 cv de potência e torque de 269,8 Nm. A potência combinada de ambos não é, porém, a soma de suas isoladas: a resultante é menor, 194,45 cv.
O NX 300h tem ainda tração integral (AWD). Em resposta às condições de dirigibilidade, a tecnologia direciona automaticamente a força para duas ou quatro rodas, melhorando a tração em diferentes tipos de terrenos.
Para aprimorar ainda mais a experiência de condução, o NX 300h passa a contar com transmissão "Hybrid Transaxle" em todas as versões. Esse câmbio proporciona uma aceleração mais linear, que reduz ou aumenta continuamente as marchas de acordo com a demanda do motor, sem desperdiçar energia, contribuindo para a eficiência de combustível.
Com a introdução da propulsão híbrida, o usuário do veículo terá à disposição mais um modo de condução, o "EV", que aciona somente o motor elétrico. Essa opção é indicada para curtos trajetos em baixas velocidades - os demais modos são "Normal", "Eco" e "Sport". Na versão F Sport ainda há a opção "Sport ", que confere maior dinamismo à condução.
Além da nova motorização para as três versões disponíveis no mercado brasileiro - Dynamic, Luxury e F Sport -, o SUV agrega itens que elevam o conforto. O principal deles é o recurso "hands free" para abertura do porta-malas, que funciona por meio de sensores que captam o movimento do pé sob o para-choque traseiro. Essa conveniência se restringe ao NX 300h Luxury e ao F Sport.
Em 2016, a Lexus atingiu, globalmente, o volume de um milhão de veículos híbridos comercializados em todos os mercados em que atua. Atualmente, a marca oferece 10 modelos desse tipo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia