Porto Alegre, quarta-feira, 04 de novembro de 2020.
Dia do Inventor.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 04 de novembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Política agrícola

- Publicada em 13h17min, 04/11/2020. Atualizada em 13h22min, 04/11/2020.

Embrapa define plano estratégico até 2030

São 11 objetivos e 29 metas a serem cumpridas na próxima década, explica Celso Luiz Moretti

São 11 objetivos e 29 metas a serem cumpridas na próxima década, explica Celso Luiz Moretti


José Cruz/Agência Brasil/JC
Marcelo Beledeli
A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentou nesta quarta-feira (4) seu novo plano diretor, com o estabelecimento de pautas estratégicos para os próximos 10 anos. Ao todo, são nove temas prioritários, 11 objetivos e 29 metas a serem cumpridas até 2030.
A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentou nesta quarta-feira (4) seu novo plano diretor, com o estabelecimento de pautas estratégicos para os próximos 10 anos. Ao todo, são nove temas prioritários, 11 objetivos e 29 metas a serem cumpridas até 2030.
Entre as estratégias apontadas pela empresa para a próxima década estão redução de custos, investimentos em sustentabilidade da agricultura, avanços em agregação de valor e aumento de produtividade, além de inclusão produtiva dos agricultores. “Esse documento não é pétreo, imutável. Com o avanço da agricultura e novas tecnologias, poderão haver novas demandas que exigirão ajustes aos nossos planos”, destacou o presidente da Embrapa, Celso Moretti.
Cada um desses objetivos estratégicos representa um compromisso de atuação da empresa durante os próximos anos. As principais metas são divididas em curto (até 2023), médio (até 2025) e longo (até 2030) prazos para execução.
 
Entre os temas prioritários citados no plano estão agricultura digital, rastreabilidade e logística associadas aos sistemas produtivos agrícolas. "Queremos, em cinco anos, dobrar o número de usuários de aplicativos e sistemas digitais gerados pela Embrapa", disse Moretti ao citar o primeiro dos temas apresentados no plano.
 
Com relação ao tema produtividade e sistemas de produção sustentáveis, Moretti disse que a ideia éfavorecer iniciativas que ajudem na redução da quantidade de carbono emitido na atmosfera. "Queremos, até 2025, incrementar em 20% o benefício econômico gerado por práticas agropecuárias e tecnologias sustentáveis."
 
Também são temas prioritários agregação de valor aos produtos e serviços agropecuários e agroindustriais, adaptação e mitigação frente aos efeitos da mudança do clima, aproveitamento e transformação de biomassa para energia renovável, bioprodutos, bioinsumos, desenvolvimento territorial sustentável; Segurança alimentar e nutricional, uso e conservação de recursos naturaise sanidade agropecuária.
Objetivos e metas estratégicas da Embrapa até 2030:
1 - Gerar soluções tecnológicas e oportunidades de inovação para promover a sustentabilidade e competitividade da agropecuária nacional;
2 - Ampliar a qualificar a base de dados e informações sobre recursos naturais do território nacional;
3 - Gerar conhecimentos e tecnologias que promovam agregação de valor a produtos, processos e serviços oriundos das cadeias agropecuárias e agroindustriais;
4 - Promover e fortalecer PD&I para segurança e defesa zoofitosanitária da cadeia agropecuária;
5 - Desenvolver tecnologias e conhecimentos que contribuam para a bioeconomia;
6 - Gerar e disponibilizar conhecimento, práticas produtivas e alternativas tecnológicas sustentáveis voltadas para o desenvolvimento regional sustentável e inclusão produtiva;
7 - Desenvolver informação, conhecimento e tecnologia para o enfrentamento dos efeitos das mudanças climáticas; e
8 - Otimizar os sistemas produtivos agropecuários e agroindustriais por meio da automação de processos, agricultura de precisão e digital;
9 - Racionalizar o uso de recursos orçamentários e financeiros, buscar sua ampliação e a diversificação de fontes, visando à eficiência operacional e à sustentabilidade institucional;
10 - Fortalecer e consolidar a excelência na governança e na gestão institucional;
11 - Ampliar a transformação digital da Embrapa, estruturando a tecnologia da informação, a governança e a gestão de dados promovendo a transferência e uso do conhecimento na era digital
Comentários CORRIGIR TEXTO