Porto Alegre, quinta-feira, 29 de outubro de 2020.
Dia nacional do Livro e Dia mundial de combate ao AVC.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quinta-feira, 29 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Investimentos

- Publicada em 13h37min, 29/10/2020.

Cooperativa Aurora terá fábrica de rações em Erechim

Obra da empresa inicia em janeiro e terá investimento de R$ 60 milhões; produção irá atender a produtores gaúchos

Obra da empresa inicia em janeiro e terá investimento de R$ 60 milhões; produção irá atender a produtores gaúchos


COOPERATIVA AURORA/DIVULGAÇÃO/JC
A Cooperativa Central Aurora Alimentos, de Chapecó (SC), anunciou nesta quinta-feira (29) a construção de uma fábrica de rações para aves e suínos no município de Erechim, no Norte gaúcho. A unidade receberá investimentos diretos da ordem de R$ 60 milhões. As informações foram confirmadas pelo diretor de agropecuária da cooperativa, Marcos Antônio Zordan.
A Cooperativa Central Aurora Alimentos, de Chapecó (SC), anunciou nesta quinta-feira (29) a construção de uma fábrica de rações para aves e suínos no município de Erechim, no Norte gaúcho. A unidade receberá investimentos diretos da ordem de R$ 60 milhões. As informações foram confirmadas pelo diretor de agropecuária da cooperativa, Marcos Antônio Zordan.
A unidade de nutrição animal será edificada às margens da rodovia estadual ERS-331, que liga Erechim ao município de Gaurama, em uma área de 17 hectares. A cooperativa desembolsou R$ 3 milhões na aquisição do terreno.
As obras começam em janeiro de 2021, com a terraplanagem do terreno. A previsão de conclusão é em meados de 2022.
A nova fábrica terá uma capacidade instalada para produzir 60 toneladas/hora ou 35.000 toneladas por mês de rações peletizadas para aves e suínos. A unidade será totalmente automatizada.
Junto à fábrica de rações será construído um complexo de quatro silos de aço para armazenagem de grãos, com capacidade estática de 10.000 toneladas cada um, o que totalizará 40.000 toneladas de estocagem – ou 660.000 sacas.
Serão criados 80 empregos diretos e 240 indiretos, mas a geração de postos de trabalho pode chegar, no futuro, a 400 vagas.
A unidade fabril fornecerá rações para os produtores rurais do sistema integrado de produção da cooperativa localizados no Rio Grande do Sul, que atendem três indústrias de abate e processamento, sendo duas em Erechim (uma de aves e outra de suínos) e uma Sarandi (uma de suínos). Essas plantas industriais em território gaúcho abatem cerca de 1 milhão de suínos e 26 milhões de aves por ano.
A Aurora mantém atualmente seis fábricas de ração para aves e suínos com capacidade para 175.000 toneladas/mês. Além disso, a cooperativa possui sete unidades de suínos, que processam 5,2 milhões de cabeças por ano, e oito de aves, que abatem 242,6 milhões de cabeças/ano. Essas plantas estão localizadas em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.
Quando entrar em operações a nova fábrica de rações, a Aurora desativará a unidade do bairro Três Vendas, em Erechim, que é arrendada da cooperativa Cotrel. Dessa forma, será eliminado o fluxo de caminhões na zona urbana do município.
Comentários CORRIGIR TEXTO