Porto Alegre, segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Dia do Trabalhador da Construção Civil. Dia da Democracia.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 26 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Grãos

- Publicada em 20h22min, 26/10/2020.

Afubra investe em unidade de grãos em Rio Pardo

Estrutura atenderá associados de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Candelária e Cachoeira do Sul

Estrutura atenderá associados de Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Candelária e Cachoeira do Sul


AFUBRA/DIVULGAÇÃO/JC
A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) está apostando na expansão do mercado de grãos e anuncia investimento na construção de uma unidade de grãos anexa ao Parque da Expoagro Afubra, em Rio Pardo (RS). "Com isso, abrimos mais um ramo de atividade, trazendo benefícios, tanto para a entidade como para os associados e clientes", afirmou Romeu Schneider, diretor-presidente da Agro-Comercial Afubra Ltda.
A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) está apostando na expansão do mercado de grãos e anuncia investimento na construção de uma unidade de grãos anexa ao Parque da Expoagro Afubra, em Rio Pardo (RS). "Com isso, abrimos mais um ramo de atividade, trazendo benefícios, tanto para a entidade como para os associados e clientes", afirmou Romeu Schneider, diretor-presidente da Agro-Comercial Afubra Ltda.
A obra da unidade de grãos está sendo realizada pela empresa Kepler Weber, contratada por ter a melhor proposta A unidade pretende atender associados e clientes das regiões da matriz (Santa Cruz do Sul) e das filiais de Venâncio Aires, Candelária e Cachoeira do Sul. Com a concretização do Projeto estuda-se a expansão da atividade para filiais.
O mercado de grãos, nos últimos anos, vem batendo recordes de produção e de exportação. Segundo previsão da Conab, a produção de grãos está estimada em 268,7 milhões de toneladas, superando em cerca de 11 milhões de toneladas a última safra. O milho, por exemplo, tem colheita prevista para atingir 105,2 milhões de toneladas (aumento de 2,6% sobre a safra anterior). Já no mercado da soja a estimativa de produção é ainda mais otimista, podendo chegar a um aumento de 7,1% em relação à última safra. A expectativa é que, nesta safra, o plantio de cereais ocupe cerca de 66,8 milhões de hectares.
Comentários CORRIGIR TEXTO