Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 04 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Acidente

Alterada em 04/06 às 08h28min

Morre rapaz atacado por tubarão em praia do Grande Recife

Agência Brasil
Morreu no fim da madrugada desta segunda-feira (4) José Ernesto Ferreira da Silva, de 18 anos, vítima de ataque de tubarão na tarde de ontem (3), na Praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na região metropolitana do Recife. A morte foi confirmada pelo Hospital da Restauração, onde ele passou por uma cirurgia na noite desse domingo e estava internado em estado grave.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o ataque ocorreu no fim da tarde, na Praia de Piedade, no trecho perto da Igreja de Piedade. O rapaz, que estava com um grupo de amigos, chegou a ser socorrido por equipe de salva-vidas que o retirou das águas. Em seguida, foi encaminhado por uma ambulância do Samu para o Hospital da Aeronáutica e de lá transferido, em estado grave, para o Hospital da Restauração.
Em julho de 2013, a morte da adolescente Bruna Gobbi, após um ataque de tubarão, foi, até então, o 59º caso registrado no estado em 21 anos. A jovem paulista, atacada na praia de Boa Viagem, no Recife, foi socorrida pelos bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. Na ocasião, a morte de Bruna motivou a recomendação do Ministério Público Estadual de interditar praias com risco de ataques até a instalação de redes de proteção para os banhistas.
As praias de Boa Viagem, no Recife, e Piedade, em Jaboatão dos Guararapes são recordistas de ocorrências de ataques de tubarão. Desde 1992, foram registrados 65 ataques no estado, a maioria numa parte do litoral que banha a região praiana de Olinda, do Recife e de Jaboatão dos Guararapes. Dados do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit) indicam que, de 1992 até ontem, 24 pessoas morreram vítimas de ataques de tubarões no litoral pernambucano. A morte desse domingo seria o 25º caso.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia