Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 05 de junho de 2018.
Dia Mundial da Ecologia e do Meio Ambiente.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 06/06/2018. Alterada em 05/06 às 23h53min

Em jogo morno, Inter fica no 0 a 0 com o São Paulo

Inter fica no empate sem tentos em São Paulo

Inter fica no empate sem tentos em São Paulo


/RICARDO DUARTE/DIVULGAÇÃO/INTER/JC
Para duas equipes que estão brigando na ponta de cima da tabela do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Inter mostraram um futebol muito aquém da expectativa ontem à noite. O jogo foi daqueles em que dava para contar as chances claras de gol em uma só mão. Assim, o placar final, de 0 a 0, era o único que poderia fazer justiça ao que aconteceu no Morumbi. Para os colorados não foi tão ruim, já que estavam atuando fora de casa; já os paulistas, mesmo dormindo na vice-liderança, deixaram o gramado sob vaias pela atuação sofrível.
No primeiro tempo, o Inter se comportou da mesma maneira que na maioria das partidas que fez longe do Beira-Rio neste Brasileirão: jogou à espera de um contra-ataque, errando muitos passes, especialmente no meio-campo. A sorte é que o São Paulo também não parecia estar inspirado. Foram poucas às vezes em que os donos da casa realmente assustaram Danilo Fernandes. O goleiro só teve trabalho mesmo aos 36 minutos, quando, após cobrança de escanteio, a bola sobrou na entrada da área para Reinaldo, que mandou uma bomba no ângulo. O camisa 1 colorado se esticou todo e fez uma bela defesa.
Insatisfeito com o time, o técnico Odair Hellmann adiantou a marcação e o Inter mudou um pouco a postura no segundo tempo. Logo no início, criou duas chances. Na primeira, aos seis minutos, Pottker ganhou de Anderson Martins e chutou, mas Sidão defendeu. No rebote, Leandro Damião tentou uma de suas bicicletas, mas errou o alvo. Três minutos depois, o centroavante se utilizou do mesmo recurso, mandando pra fora novamente.
Em seguida, o jogo voltou ao ritmo da primeira etapa. O técnico Diego Aguirre tentou reequilibrar seu time com duas substituições, enquanto Hellmann apostou em Rossi para o ataque. Antes de ceder a vaga ao companheiro, aos 21, Lucca desperdiçou uma cobrança de falta frontal, acertando na barreira. A entrada de Nico López xodó de parte da torcida, quase no final, não mudou o panorama da partida.
No domingo, o Inter volta a jogar contra um time paulista. Diante do Santos, na Vila Belmiro, a equipe poderá contar com Rodrigo Dourado, que cumpriu suspensão ontem. Já D'Alessandro, em fase final de tratamento de uma lesão, deve passar por reavaliação médica. 
São Paulo 0 x 0 Internacional
Sidão; Militão, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Petros, Liziero (Paulinho) e Lucas Fernandes (Shaylon); Everton, Tréllez (Araruna) e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.
Danilo; Rodrigo Moledo, Edenilson, Leandro Damião e Victor Cuesta; Lucca (Rossi), Iago, Charles (Camilo) e Zeca; Patrick e Pottker (Nico López). Técnica: Odair Hellmann.
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
JC
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia