Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 03 de junho de 2018.
Dia Mundial do Administrador de Pessoal.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 04/06/2018. Alterada em 03/06 às 18h38min

A volta das filas

FERNANDO ALBRECHT/ESPECIAL/JC
Tudo está voltando ao normal e são poucos os produtos que ainda não foram repostos nas bancas, informação dos concessionários do Mercado Público de Porto Alegre. As filas voltaram na sexta-feira, mesmo sendo intervalo de feriadão. É o tipo da visão que conforta em tempos de volta à normalidade e que irrita em tempos de paz.

A gota d'água

N ão deve ser coincidência o aumento do número de brasileiros procurando informações para morar ou investir em Portugal, tão logo a greve dos caminhoneiros se solidificou. Segundo Joaquim Moreira, do escritório especializado MC Contábil, em Portugal "são muitos brasileiros a procurar-me, não damos vazão a quantidade e tive que contratar mais pessoas".

I want you

Jornalistas de 25 a 40 anos têm até hoje para se inscrever em programa oferecido pelo Consulado dos Estados Unidos em Porto Alegre. São 36 as vagas para o programa A Digital Path to Entrepreneurship and Innovation for Latin America - 2018/ICFJ. Info: https://www.tfaforms.com/4670697 ou www.icfj.org.

Reforma tributária

Com todo esse rebuliço no melhor estilo do provérbio "em casa que não tem pão todos brigam e ninguém tem razão", um Legislativo saudável estaria programando um ensaio sobre a reforma tributária, fatiada que seja. Mas não estamos em um país saudável. E ano que vem o novo presidente da República teria que fazer o que precisa ser feito neste campo. Coisas mais radicais se fazem no primeiro ano ou não se fazem mais nos três restantes.

Enquanto isso...

...aqui do lado, o Uruguai recebeu nota BBB/A-2 da agência de classificação de riscos Standard & Poors. Não seria de largar foguetes não fosse o fato de esse upgrade garante a maior nota da sua história. Passou a ser "estável" para investimentos estrangeiros.

O enjeitado

Volta e meia a mídia deixa de iluminar com seus holofotes determinadas situações da economia que no passado tinham cobertura diária. Caso do Risco País, um termômetro que mede a confiança (e desconfiança) dos investidores internacionais. Dado recente, em 21 de maio, o mostrava em 272 pontos, bem abaixo dos 569 pontos em fevereiro de 2016.

No pincel I

Não à toa que os papéis da Petrobras na bolsa caíram barbaridade na sexta-feira. A saída - compreensível - de Pedro Parente, praticamente o último cordão umbilical dos mercados com o governo Michel Temer (MDB), deixou a estatal pendurada no pincel da desconfiança quanto a sua viabilidade futura.

No pincel II

O pior cenário é se o barril de petróleo subir ainda mais, o que não seria novidade. Há um ano estava em US$ 40 e agora bateu nos US$ 70. Guiado pelo receio de novos protestos pelo reajuste na bomba, fica aberto o caminho para deixar a Petrobras mais frágil que porcelana chinesa.

Boato de feriadão

O perigo da disseminação de notícias falsas pelas redes sociais é turbinado pela credulidade dos usuários. Costumamos acreditar só nas más notícias. Caso do boato de sexta-feira passada que levou motoristas de vários estados a correr para os postos porque rede de caminheiros "garantia" que hoje a greve voltaria com força dobrada. Não tem como operar esse milagre depois da desmobilização do locaute e da greve dos autônomos.

Miúdas

  • ADVOGADO José Vecchio Filho e o ex-ministro Luiz Fernando Cirne Lima venceram as eleições do Jockey Club do RS.
  • DINHEIRO não falta ao Sindicato dos Petroleiros, que veicula comerciais no horário nobre da TV.
  • SE as ações da Petrobras caíram com a saída de Pedro Parente, as da BRF deram um pinote.
  • COM quase um governo novo por ano desde 1945, a turbulência política na Itália é algo normal.
  • EM certa época dizia-se que a Itália era o único país do mundo onde a bolsa subia quando o governo caía.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia