Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de maio de 2018.
Dia Nacional do Café.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

protestos

24/05/2018 - 08h41min. Alterada em 24/05 às 11h54min

Mobilizações dos caminhoneiros chegam ao quarto dia nas rodovias

As manifestações de caminhoneiros entram no quarto dia, voltando a afetar rodovias do Rio Grande do Sul e de diversos estados do País. Os protestos permanecem em mais de 30 cidades gaúchas. A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou que a greve só vai terminar quando a redução de impostos nos combustíveis for publicada no Diário Oficial
Nas rodovias estaduais, de acordo com levantamento do Comando Rodoviário da Brigada Militar divulgado no começo da manhã, há paralisações em Passo Fundo, Vila Maria, Coxilha, Getúlio Vargas, Erval Grande, Nonoai, Três Palmeiras, Marau, Ronda Alta, Espumoso, Trindade do Sul, Tapejara, Sertão, Ibirubá, Casca, Candelária, Encruzilhada, Agudo, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Bossoroca, Taquari, Sobradinho, São Sebastião do Caí, Capivari do Sul, Montenegro, Caxias do Sul, Santo Antônio da Patrulha, Viamão, Gravataí, Osório, entre outras. 
De acordo com levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) há paralisações em Nova Santa Rita, Rio Grande, Pelotas, Capão do Leão, Jaguarão, Pedro Osório, Canguçu, Turuçu, São Lourenço do Sul, Cristal, Arroio Grande, Garibaldi, Três Cachoeiras, Pantano Grande, Soledade, Fontoura Xavier, São José do Herval, Tio Hugo, Lajeado e Montenegro. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia