Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Notícia da edição impressa de 22/05/2018. Alterada em 21/05 às 22h41min

Inter faz as pazes com a vitória

Inter conquistou importante vitória diante do seu torcedor

Inter conquistou importante vitória diante do seu torcedor


/RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Deivison Ávila
O Inter finalmente voltou a vencer. Ontem, depois de um primeiro tempo nervoso, os comandados de Odair Hellmann se encontraram na etapa final e transformaram o triunfo em goleada, batendo a Chapecoense por 3 a 0. O resultado afastou a equipe do Z-4, terminando a 6ª rodada do Campeonato Brasileiro na 10ª colocação.
Antes de a bola rolar, o meia D'Alessandro, que havia conquistado um efeito suspensivo para ir a campo, foi vetado com uma entorse no tornozelo esquerdo. Mesmo com a ausência, o Colorado começou em cima. Aos dez minutos, após cruzamento, Iago cabeceou para baixo, obrigando a Jandrei fazer uma grande defesa. A resposta da Chape veio aos 21, com Arthur Caike. De fora da área, ele acertou a trave de Danilo Fernandes.
Foram 36 dias, mais de 500 minutos e o Inter finalmente voltou a marcar. Aos 38, Pottker cruzou, Damião se jogou e com uma puxeta tocou para Edenilson que apenas ajeitou e Lucca chutou rasteiro no canto, abrindo o placar.
O segundo tempo começou com os donos da casa com o controle maior do jogo. A Chape, mesmo com a bola nos pés, não ameaçava. E através da bola parada, o Inter marcou o segundo. Aos 14, Lucca cobrou falta e Rodrigo Moledo testou para o gol. Sem ser ameaçado, o Colorado seguiu dominando as ações e chegou ao terceiro. Aos 38, Rossi cruzou da direita e Patrick cabeceou encobrindo Jandrei. O retorno das vitórias veio com goleada. 
Internacional 3 x 0 Chapecoense
Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson (Juan Alano), William Pottker (Rossi), Lucca e Patrick; Leandrão Damião (Nico López). Técnico: Odair Hellmann.
Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo e Canteros (Nenén); Guilherme (Bruno Silva), Wellington Paulista e Arthur (Leandro Pereira). Técnica: Gilson Kleina.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Sousa (SP)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia