Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 20 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Alterada em 20/05 às 18h39min

América-MG vence Botafogo e segue 100% em casa no Brasileirão

O América-MG manteve os 100% de aproveitamento em casa no Campeonato Brasileiro ao vencer o Botafogo por 1 a 0, neste domingo, no Independência, pela sexta rodada. O terceiro triunfo ao lado de sua torcida - antes bateu Sport (3 a 0) e Vitória (2 a 1) - deixou o time mineiro com dez pontos, na parte de cima da tabela e distante da zona de rebaixamento. O clube carioca continua com oito pontos, em posição intermediária.
O primeiro tempo foi muito pobre em emoções. Apesar da disposição americana de tentar uma pressão inicial, na prática não conseguia as infiltrações e muito menos as finalizações. O Botafogo se posicionou bem no meio-campo, esperando algum momento para acertar o contra-ataque.
E foi desta forma que os botafoguenses criaram a melhor chance. Luiz Fernando foi lançado em velocidade pelo lado direito, avançou até a linha de fundo e cruzou para trás. Brenner bateu à queima roupa, mas o goleiro João Ricardo fez a defesa. O rebote ainda ficou para Renatinho, que acabou bloqueado por Messias aos 34 minutos.
No segundo tempo, o América tentou repetir a estratégia do primeiro para chegar ao gol na base da pressão. Criou uma boa chance aos 13 minutos, quando Luan lançou Judivan, em velocidade e dentro da área. O atacante demorou para chutar e acabou apertado por Igor Rabello, mandando a bola para fora. Em seguida foi substituído por Rafael Moura, em opção de Enderson Moreira para ter um homem mais fixo dentro da área.
Aos 18 minutos, Alberto Valentim fez uma dupla mudança no time carioca. Tirou Renatinho e Brenner para as entradas, respectivamente, do uruguaio Aguirre e de Kieza, dando sangue novo ao ataque para ganhar força. Apesar do maior volume mineiro, o jogo continuava equilibrado. Só um lance isolado poderia tirar o zero do placar.
E o gol da vitória americana saiu aos 32 minutos, em jogada de Rafael Moura. O atacante driblou Igor Rabello, chamou a atenção de outros dois adversários e, com visão, fez o passe lateral para Juninho que apareceu como surpresa de trás. Ele invadiu a área e só deu um toque de bico com o pé direito. A bola morreu no canto esquerdo de Jefferson.
Na sétima rodada do Brasileirão, o América vai de novo atuar em casa, desta vez diante do são Paulo, domingo, às 19 horas. No sábado, o Botafogo recebe no Engenhão o Vitória, a partir das 16 horas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia