Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 10 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa Sul-Americana

Alterada em 10/05 às 21h42min

Atlético-PR leva susto e perde na Argentina, mas avança na Copa Sul-Americana

O Atlético Paranaense não teve vida fácil na Argentina, levou um susto, mas conseguiu carimbar a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana mesmo com a derrota para o Newell's Old Boys por 2 a 1, em partida realizada na noite desta quinta-feira, no estádio Marcelo Bielsa. Em Curitiba, o time paranaense vencera por 3 a 0, o que lhe rendeu boa vantagem para o duelo de volta.
Mesmo assim, o jogo não foi fácil. O clube argentino chegou abrir 2 a 0 no placar, até que Nikão diminuiu na parte final do jogo e confirmou a vaga atleticana. O próximo adversário será definido através de sorteio.
Precisando de um resultado elástico para carimbar a vaga, o Newell's optou pela conhecida pressão argentina nos minutos iniciais para tentar surpreender o Atlético Paranaense. No cruzamento de Figueroa, a bola ganhou efeito e por muito pouco não enganou o goleiro Paes, que afastou o perigo.
Tratado como principal jogador do clube argentino, Luís Leal fez valer todos os elogios que recebera antes da bola rolar e marcou seu nono gol na temporada aos 36 minutos. Em bela jogada de contra-ataque do Newell's, o atacante passou entre dois jogadores da equipe paranaense antes de mandar para o fundo das redes. O Atlético até que respondeu na jogada seguinte, mas o árbitro marcou impedimento de Pablo, anulando o que seria o de empate.
O panorama do segundo tempo não mudou. O Newell's continuou em cima de seu adversário e obrigou Santos a salvar mais uma. Figueroa recebeu dentro da área, mas parou no goleiro atleticano. A partir daí, a equipe de Fernando Diniz equilibrou as ações.
Aos 11 minutos, o árbitro havia assinalado pênalti após a bola bater na mão do zagueiro do Newell's, mas voltou atrás ao ser comunicado pelo auxiliar sobre o impedimento de Lucho González. O lance desestabilizou o Atlético, que voltou a ser envolvido pelo clube argentino.
Foi aí que Luís Leal apareceu livre dentro da área para fazer de cabeça o segundo gol do time da casa, aos 21 minutos. O clube argentino precisaria de mais um para levar para os pênaltis, mas o Atlético resolveu fechar o caixão aos 39 minutos. Nikão completou o cruzamento de Camacho para dar números finais ao duelo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia