Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 06 de maio de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 07/05/2018. Alterada em 06/05 às 22h14min

Grêmio dá show de futebol e goleia o Santos na Arena

Maicon foi o nome do jogo, marcando duas vezes na goleada tricolor

Maicon foi o nome do jogo, marcando duas vezes na goleada tricolor


/LUCAS UEBEL /GRÊMIO FBPA/JC
Há algum tempo, a torcida do Grêmio tem algumas "dúvidas" ao assistir uma partida do time titular: quando será o primeiro gol e por quanto será a vitória. Neste domingo (6), na Arena, não foi diferente. O Tricolor comandou as ações desde o primeiro minuto de bola rolando. Pulou na frente do marcador, sofreu o empate em um lance ocasional, mas, depois disso, seguiu dando as regras no jogo s e bateu o Santos por 5 a 1, ao natural.
A primeira etapa foi bem movimentada. Logo aos dois minutos, Ramiro cobrou falta com perfeição e obrigou Vanderlei a espalmar para a linha de fundo. Aos 19, foi a vez de André. Após escanteio batido por Ramiro, o atacante se antecipou à zaga e chutou forte, por cima, assustando a defesa do Peixe.
Aos 30, os donos da casa abriram o placar. Maicon dominou na intermediária e disparou uma bomba no ângulo esquerdo de Vanderlei: um golaço. No entanto, a alegria durou pouco. Dois minutos depois, Jean Mota recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e chutou em gol. A bola desviou no calcanhar de Kannemann e enganou Marcelo Grohe, dando fim a uma invencibilidade de 870 minutos do goleiro gremista.
Aos 35, Ramiro cobrou mais um escanteio, Luan desviou de cabeça e a bola tocou no travessão santista. Já nos acréscimos, quando tudo se encaminhava para uma igualdade, depois de uma troca de passes de pé em pé, Léo Moura cruzou, a defesa falhou, e Everton fez 2 a 1.
E o segundo tempo foi uma síntese das grandes atuações que os comandados de Renato Portaluppi vêm demonstrando em 2018. Aos nove minutos, Maicon cobrou falta com maestria, deixando Vanderlei estático, marcando o terceiro gol gremista. Aos 23, a vitória começou a virar goleada. Luan colocou a bola no meio da área e o ex-santista André aproveitou para marcar seu segundo gol com a camisa tricolor. Aos 34, virou passeio. Everton entrou na área a dribles e rolou para Arthur. O craque dominou e chutou colocado no canto esquerdo de Vanderlei e fechou o placar em 5 a 1.
O próximo desafio é contra o Goiás, quarta-feira, na Arena, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Grêmio venceu por 2 a 0. 
Grêmio 5 x 1 Santos
Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Marcelo Oliveira); Maicon, Arthur, Ramiro, Luan e Everton; André (Jael). Técnico: Renato Portaluppi.
Vanderlei, Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo, Dodô; Alison; Léo Cittadini (Copete), Eduardo Sasha, Jean Mota e Rodrygo (Victor Bueno); Gabigol (Arthur Gomes). Técnico: Jair Ventura.
Árbitro: Pericles Bassols
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia