Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 29 de maio de 2018.
Dia Mundial da Energia. Dia do Estatístico. Dia do Geógrafo.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

combustíveis

Alterada em 29/05 às 20h34min

Gabinete de Crise do RS aponta que 218 postos de combustíveis foram abastecidos

Sartori lembrou que prejuízos na produção agrícola e industrial se acumulam com obstrução dos transportes

Sartori lembrou que prejuízos na produção agrícola e industrial se acumulam com obstrução dos transportes


Dani Barcellos/Palácio Piratini/Divulgçaão/JC
O governador José Ivo Sartori enfatizou, no final da tarde desta terça-feira (29), a população não pode ser penalizada por tanto tempo pelo desabastecimento ocasionado pela paralisação de caminhoneiros, que já dura nove dias. O discurso veio após a reunião do Gabinete de Crise do Governo do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre.
"O Rio Grande não pode parar. Faltam insumos para tratamento da água, gás, oxigênio para hospitais, alimentos e combustível. Apelo à boa vontade dos caminhoneiros e empresários do transporte para que a crise não seja ainda maior e que possamos encontrar um caminho de superação", afirmou Sartori.
Cerca de 218 postos de combustíveis foram abastecidos desde domingo até o final da tarde desta terça para 43 municípios. Em Porto Alegre, foram 78.
O Exército e a Força Nacional já atuam no acompanhamento de transporte de querosene para aeroportos. A partir desta terça, corredores de segurança nas rodovias estaduais começaram a garantir o deslocamento de caminhoneiros que pretendem retornar ao trabalho.
De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Alexandre Martins, o transporte de combustíveis, nesta terça-feira, já era feito pelos próprios motoristas de empresas, sem necessidade de intervenção da Brigada Militar ou do Corpo de Bombeiros.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia