Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

tributos

Notícia da edição impressa de 22/05/2018. Alterada em 22/05 às 14h16min

Dia sem impostos venderá gasolina a R$ 2,50 no Rio Grande do Sul

Valor a ser cobrado dos consumidores pelo combustível nas bombas será isento de qualquer tributação

Valor a ser cobrado dos consumidores pelo combustível nas bombas será isento de qualquer tributação


/MARCO QUINTANA/JC
Estão confirmados os primeiros 20 postos de gasolina, de 11 cidades do Rio Grande do Sul, que vão participar, no dia 5 de junho, da 14ª edição do Dia da Liberdade de Impostos, movimento que consolidou-se no País por meio da iniciativa do Instituto de Estudos Empresariais (IEE), Fecomércio-RS, Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL) e Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no Estado (Sulpetro). O combustível será vendido a R$ 2,50 o litro, mediante distribuição de 100 senhas por posto participante, a partir das 7h. O abastecimento será realizado das 8h às 11h30min. Cada senha dará o direito à compra de 20 litros de gasolina comum, apenas para pagamento em dinheiro.
Estão confirmados os primeiros 20 postos de gasolina, de 11 cidades do Rio Grande do Sul, que vão participar, no dia 5 de junho, da 14ª edição do Dia da Liberdade de Impostos, movimento que consolidou-se no País por meio da iniciativa do Instituto de Estudos Empresariais (IEE), Fecomércio-RS, Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL) e Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no Estado (Sulpetro). O combustível será vendido a R$ 2,50 o litro, mediante distribuição de 100 senhas por posto participante, a partir das 7h. O abastecimento será realizado das 8h às 11h30min. Cada senha dará o direito à compra de 20 litros de gasolina comum, apenas para pagamento em dinheiro.
"O valor do litro na campanha foi modificado com o objetivo de aproximar-se do real valor sem tributação, em razão dos aumentos no preço do barril de petróleo e, consequentemente, da gasolina. No dia da ação, talvez este valor já esteja defasado, tendo em vista a expectativa ser da elevação destas cifras. Isso contribui para a conscientização das pessoas e do Estado do quanto a carga tributária prejudica o poder de consumo da população", afirmou o vice-presidente do Instituto Liberdade, Leandro Gostisa. Segundo ele, em Brasília, já se discute que uma das soluções seja a diminuição de imposto aplicado no litro do combustível, "com isso, o Dia da Liberdade de Impostos colaborará para que essa medida seja concretizada tanto nesse aspecto quanto em outros produtos e serviços".
O objetivo central da campanha é conscientizar a sociedade sobre a alta carga tributária que é paga hoje pelos cidadãos brasileiros, estabelecendo uma relação do valor com o tempo que cada um deve destinar do seu ano apenas para quitar as obrigações impostas pelo Estado. O combustível, no entanto, é só um exemplo de produto que sofre ação da alta carga de tributos, que atinge tudo o que consumimos, chegando, na média, a quase metade do valor de tudo que é comprado no Brasil. O preço dos perfumes nacionais possui 69% do valor composto por impostos; o custo da água que bebemos possui 38%; e 45% do valor que é gasto com lâmpadas também é de impostos.
Em 2017, foram comercializados 63 mil litros de gasolina, e a ação contou com a adesão de 21 postos em 12 cidades gaúchas. E também farmácias e lojas de vestuário aderiram à causa, comercializando remédios e roupas sem a carga tributária. Segundo o Impostômetro, ferramenta criada pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), em 2017 foram pagos mais de R$ 2,8 trilhões em tributos, sendo que, em 2018, de 1 de janeiro até então, já ultrapassamos o montante de R$ 800 bilhões em tributos pagos no País. De acordo com recente estudo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil é o país com a maior carga tributária em toda a América Latina e Caribe, cerca de 50% superior à média da região.

Postos participantes*

Porto Alegre
SIM Ecoposto: avenida Ipiranga, 999
Dueville: avenida Assis Brasil, 6.853
Comercial de Combustível Phoenix: avenida Francisco Silveira Bittencourt, 1.955
Posto Cavalhada: avenida Cavalhada, 3.833
Posto Buffon 45: avenida Farrapos, 3.180
Combustível Pegasus Ipiranga Ltda. - avenida Ipiranga, 2.495
Gravataí
Abastecedora de Combustíveis Confiança Ltda.: rua Dois de Novembro, 60
Canoas
Buffon Canoas 56: avenida Boqueirão, 2.135
Caxias do Sul
SIM Shopping: rua João Nichele, 2.227
Osório
Chimarrão: BR-101, 1.155
Pelotas
SIM 3Bicos: avenida Fernando Osório, 2200
Buffon 18: rua Marechal Deodoro, 651
Passo Fundo
Buffon 25: Avenida Brasil Leste, 1010 - Petropólis
SIM Presidente Vargas: av. Presidente Vargas, 128
Portão
Unidão: Rodovia RS 240, 1165
Rio Grande
Global Oil: rua Trajano Lopes, 213
Buffon 12: av. Rheingantz, 15
Santa Rosa
Vaccari: av. Rio Branco, 26
Sapucaia do Sul
Tigrão: Rodovia BR 116, KM 253
Abastecedora Lúcio Bittencourt: Av. Lúcio Bittencourt, 50