Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

bancos

02/05/2018 - 09h48min. Alterada em 02/05 às 09h49min

Mastercard lucra US$ 1,49 bi no 1º trimestre e supera previsões

O lucro ajustado por ação ficou em US$ 1,50, acima da previsão de US$ 1,25 de analistas

O lucro ajustado por ação ficou em US$ 1,50, acima da previsão de US$ 1,25 de analistas


JOÃO MATTOS/arquivo/JC
A Mastercard informou que seu lucro líquido avançou a US$ 1,49 bilhão no primeiro trimestre, ou US$ 1,41 por ação, acima do resultado de US$ 1,08 bilhão, ou US$ 1 por ação, de igual período do ano passado. Excluindo-se itens não recorrentes, o lucro ajustado por ação ficou em US$ 1,50, acima da previsão de US$ 1,25 dos analistas ouvidos pela FactSet.
A Mastercard informou que seu lucro líquido avançou a US$ 1,49 bilhão no primeiro trimestre, ou US$ 1,41 por ação, acima do resultado de US$ 1,08 bilhão, ou US$ 1 por ação, de igual período do ano passado. Excluindo-se itens não recorrentes, o lucro ajustado por ação ficou em US$ 1,50, acima da previsão de US$ 1,25 dos analistas ouvidos pela FactSet.
A receita da companhia de cartões cresceu a US$ 3,58 bilhões no trimestre passado, de US$ 2,73 bilhões em igual período de 2017. O resultado também superou a expectativa de US$ 3,25 bilhões dos analistas. No pré-mercado, a ação da empresa subia 4,08%, às 9h30min (de Brasília). Neste ano, o papel já avançou 19%, enquanto o S&P 500 recua 0,7%.