Porto Alegre, sexta-feira, 10 de julho de 2020.
Dia da Pizza.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 10 de julho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR
04/06/2018 - 16h13min. Alterada em 04/06 às 17h29min

Marcas de tecnologia continuam sendo as mais valiosas

Google cresceu 23%, com a sua marca alcançando o valor de US$ 302,063 milhões

Google cresceu 23%, com a sua marca alcançando o valor de US$ 302,063 milhões


LOIC VENANCE/AFP/JC
Das dez marcas globais mais valiosas do mundo oito são empresas de tecnologia ou relacionadas ao setor. Google e Apple se mantêm em 1º e 2º lugares, seguidas pelas Amazon, Microsoft e Tecnologia Tencent, segundo o ranking BrandZ Top 100, do WPP e Kantar, divulgado na semana passada.
Das dez marcas globais mais valiosas do mundo oito são empresas de tecnologia ou relacionadas ao setor. Google e Apple se mantêm em 1º e 2º lugares, seguidas pelas Amazon, Microsoft e Tecnologia Tencent, segundo o ranking BrandZ Top 100, do WPP e Kantar, divulgado na semana passada.
O valor destas marcas cresceu 21% esse ano, um aumento de US$ 750 bilhões, e chegando a US$ 4,4 trilhões.
Quatorze marcas chinesas aparecem no Top 100 do ranking. Em 2006, era apenas uma, a China Mobile. A que mais cresceu foi JD.com, com aumento de 94% no valor, graças à atuação da empresa em uma nova categoria, a de finanças. Alibaba é a segunda marca que mais cresceu com +92% devido a uma estratégia de expansão de seu alcance global.
Comentários CORRIGIR TEXTO