Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 29 de maio de 2018.
Dia Mundial da Energia. Dia do Estatístico. Dia do Geógrafo.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 29/05/2018. Alterada em 28/05 às 21h30min

Em três turnos

Com a Copa do Mundo, o Brasileirão fica claramente seccionado. Este ano serão três turnos, o primeiro antes, o segundo depois da Copa e o terceiro e mais longo nas últimas 19 rodadas. Essa pausa será um tempo de bonança para técnicos, preparadores físicos e fisiologistas, sufocados pelo excesso de jogos e o desgaste dos atletas de seus elencos. Só tem um detalhe: os mercados europeu e asiático estarão abertos a transferências. E se dinheiro entrando é bom para os clubes, craques saindo não é algo salutar ao nosso futebol. Fica difícil planejar, definir grupos de jogadores...
Missão cumprida
Há duas semanas tracei aqui uma projeção capaz de fazer o Inter se descolar da Z-4. Passava por uma vitória sobre a Chapecoense, por esta lhe ser inferior; faria outros três pontos sobre o misto do Corinthians, que aqui chegaria desfalcado (até do técnico) e destruído pela sequência de quatro jogos em dez dias. Missão cumprida: Odair Hellmann acertou nas substituições, o Colorado alçou-se à turma de cima na tabela e ninguém mais pensa em rebaixamento. Agora ele começará uma fase perigosa, menos repousante, jogando duas vezes na semana. Mas com outro astral.
Tem que ter sorte - e futebol
De pouco adiantaria um grupo forte e bem treinado que tivesse azar um jogo inteiro. Não é o caso do Grêmio, como se verifica desde a Libertadores do ano passado. Domingo, o Ceará acalmou o time gremista, que ficou restrito a poucas chances. Em um contra-ataque puxado por Everton, veio o gol da vitória. Três preciosos pontos, que precisarão ser valorizados amanhã, com vitória sobre o Flu, hoje um concorrente direto.
Falhas grotescas
O Real venceu a Champions em dois lances prosaicos, tendo como protagonista o conceituado Loris Karius, somados à lesão de Salah. O jogo do Inter foi decidido em duas falhas: no primeiro gol, Walter ficou esperando a bola cruzada por Lucca, o oportunista Damião surgiu entre a zaga e só desviou. No segundo, o goleiro saiu para dar um chutão ao ataque quando Mantuan interveio desastradamente - gol do sortudo Rossi, que fez justiça no placar. Outro lance de sorte deu a vitória ao Fla sobre o Atlético-MG: Everton Ribeiro recebeu a bola de um adversário e marcou.
Vai, Interior!
Podemos voltar a torcer: todos os gaúchos foram bem nesta rodada. Na Série B, o Xavante fez 3 a 0 ao natural no Londrina, o Ju cedeu o empate jogando em Sorocaba. O Ypiranga venceu fora, pela Série C. Na D foi uma festa: Caxias, Novo Hamburgo e Zequinha venceram e se classificaram para a segunda fase.
Pitacos
  • O Airbus A-340 fretado pela CBF para viajar a Londres foi reconfigurado: tem sofás e apenas 100 poltronas, todas de primeira classe.
  • Programe-se: Brasil e Croácia jogam às 11h de domingo. Hora do churrasco.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários