Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 12 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa Sul-Americana

12/04/2018 - 21h55min. Alterada em 12/04 às 22h05min

Atlético-PR faz 3 a 0 no Newell's Old Boys em estreia na Sul-Americana

Nikão (c) foi um dos jogadores que marcou para o Atlético-PR nesta quinta-feira

Nikão (c) foi um dos jogadores que marcou para o Atlético-PR nesta quinta-feira


Heuler Andrey/AFP/JC
O Atlético-PR estreou na Copa Sul-Americana com uma vitória convincente. O time brasileiro recebeu os argentinos do Newell's Old Boys, na Arena da Baixada, e venceu por 3 a 0, com todos os gols marcados na primeira etapa.
Com o resultado, o Atlético pode até perder por dois gols de diferença na partida de volta, na quinta-feira, 10 de maio, no El Coloso del Parque, em Rosario, na Argentina.
O Atlético começou melhor e abriu o placar logo aos oito minutos, com o centroavante Pablo aproveitando escanteio cobrado por Guilherme na esquerda e subindo sozinho para cabecear para o fundo do gol.
Os brasileiros seguiram dominando a partida e, ainda no primeiro tempo, aos 30 minutos, ampliaram a contagem. Nikão recebeu na entrada da área e bateu rasteiro de perna esquerda, acertando o canto esquerdo do goleiro Pocrnjic, que não conseguiu alcançar.
Seis minutos mais tarde, Lucho González deu belo lançamento para Renan Lodi dentro da área e o lateral escorou para Guilherme completar e marcar o terceiro gol atleticano.
Na segunda etapa, o ritmo foi mais lento. Com a boa vantagem de três gols construída na primeira metade do jogo, o Atlético trabalhou a bola no campo de ataque sem correr riscos.
O time argentino tentava responder, mas não demonstrava organização tática ou brilho individual para criar qualquer lance perigoso. Sem mais jogadas agudas, a partida se encaminhou para o final com a vitória atleticana por 3 a 0.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia