Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de abril de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Grêmio

Alterada em 09/04 às 13h26min

Renato ganha quarto título com o Grêmio e se aproxima de Felipão

Em competições vencidas, falta apenas título do Brasileirão para Renato igualar louros de Felipão

Em competições vencidas, falta apenas título do Brasileirão para Renato igualar louros de Felipão


LUCAS UEBEL PREVIEW/DIVULGAÇÃO/JC
Folhapress
Luiz Felipe Scolari, na década de 1990, empilhou sete títulos com o Grêmio. Renato Portaluppi está chegando lá. Com a conquista do Campeonato Gaúcho diante do Brasil de Pelotas, o treinador chega a quarta taça à frente do time. Em números totais, o ex-comandante da seleção brasileira segue liderando, mas na categoria de êxitos a balança está quase igual.
Felipão ganhou o Gauchão, Copa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana e Brasileirão. O estadual, conquistado em 1987, 1995 e 1996 garante vantagem numérica. Renato ganhou a Copa do Brasil, a Libertadores, Recopa e, agora, o Campeonato Gaúcho. Em competições vencidas, falta o título do Brasileirão para igualar os louros de Felipão.
"Meu grupo e nossa torcida estão de parabéns pelo campeonato que conquistamos. Infelizmente tivemos alguns problemas, o grupo deu a volta por cima. Meu grupo é f... Estão de parabéns", disse Renato após a conquista do Gauchão. No ano passado, o atual treinador do Grêmio já havia superado Scolari e Tite em número de jogos à frente da casamata tricolor na história da Libertadores.
"Não sei se ganharemos, mas temos condições de ganhar todos (os campeonatos). Já ganhamos todos. Praticamente voltamos a jogar em fevereiro com o time titular e o Renato é uma peça fundamental, importante, necessária neste processo para buscar ainda mais títulos", disse o presidente Romildo Bolzan Júnior.
Neste domingo (8), o Grêmio bateu o Brasil de Pelotas por 3 a 0 levando o placar agregado da final do Gauchão para 7 a 0. Além de erguer a taça do Gauchão, o clube ainda viu Renato falar publicamente que não iria para o Flamengo, apesar das propostas recebidas na última semana.
"Eu entendi perfeitamente o Renato. Ele tinha muita vontade de permanecer. Mas não fez uma recusa espontânea porque são muito poucos treinadores com este nível de excelência. O Renato é um deles. Não tinha nem como fechar as portas sem debater uma proposta. Poderia ser até mais vantajosa, mas ele tem um projeto esportivo no Grêmio, está feliz e preferiu ficar", salientou Romildo Bolzan.
O Grêmio conquistou o quarto título em 16 meses. Ou seja, um a cada quatro meses desde o início do 'ciclo virtuoso'. E ainda terá ao menos mais três oportunidades de aumentar a cota neste ano com Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia