Porto Alegre, domingo, 15 de março de 2020.
Dia Mundial do Consumidor. Dia da Escola.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Indústria Criativa

17/04/2018 - 13h35min. Alterada em 17/04 às 13h35min

Netflix atinge 118,9 milhões de assinantes

Companhia espera 6,2 milhões de novos assinantes no segundo trimestre deste ano

Companhia espera 6,2 milhões de novos assinantes no segundo trimestre deste ano


JOHN MACDOUGALL/AFP/JC
Folhapress
A Netflix chegou a 118,9 milhões de assinantes de seu serviço de vídeo sob demanda. Em sua divulgação de resultados, a empresa informa ter registrado aumento de 8,2 milhões de assinaturas pagas no primeiro trimestre do ano, na comparação com os últimos três meses de 2017.
A Netflix chegou a 118,9 milhões de assinantes de seu serviço de vídeo sob demanda. Em sua divulgação de resultados, a empresa informa ter registrado aumento de 8,2 milhões de assinaturas pagas no primeiro trimestre do ano, na comparação com os últimos três meses de 2017.
O crescimento veio principalmente de fora dos Estados Unidos, onde foram adicionadas quase 6 milhões de novas assinaturas. Já no mercado americano, 2,2 milhões de consumidores aderiram ao serviço.
Atualmente a companhia conta com cerca de 55 milhões de assinantes nos EUA e 63 milhões de fora do país. Os assinantes internacionais do serviço geram 50% do faturamento da companhia.
No balanço, a Netflix destaca que seu faturamento dos últimos 12 meses cresceu 43%, maior avanço da história da companhia. No primeiro trimestre do ano, a Netflix faturou cerca de US$ 3,7 bilhões (cerca de R$ 12,6 bilhões). Nos primeiros três meses do ano passado o montante havia sido de US$ 2,6 bilhões.
A companhia diz esperar 6,2 milhões de novos assinantes no segundo trimestre deste ano. A empresa também afirma que deverá investir até US$ 8 bilhões na produção de conteúdos originais em 2018.