Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 22 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Copa 2018

22/03/2018 - 13h24min. Alterada em 22/03 às 13h31min

Sampaoli vê Argentina entre favoritos e diz que time é mais de Messi do que seu

'É muito mais a equipe dele do que minha, por tudo o que ele faz dentro de campo', disse o treinador

'É muito mais a equipe dele do que minha, por tudo o que ele faz dentro de campo', disse o treinador


OLI SCARFF/AFP/JC
Folhapress
Na reta final da preparação para a Copa do Mundo da Rússia, a Argentina enfrenta a Itália em amistoso nesta sexta-feira (23), no estádio Etihad, em Manchester, às 16h45 de Brasília. Na véspera do jogo, o técnico Jorge Sampaoli enalteceu o momento do capitão e astro Lionel Messi a ponto de ver mais influência do camisa 10 no rendimento da seleção do que qualquer estratégia ou plano de jogo estabelecido pela comissão técnica.
"Léo está em uma etapa de maturidade que todos conhecem, com muita responsabilidade em relação ao que pode influenciar o restante da equipe", declarou Sampaoli em entrevista no palco do confronto com os italianos. "Embora tenha chegado com uma fadiga, treinou de maneira magnífica e, se ele está bem, o time será dele", avaliou o ex-comandante do Sevilla-ESP e cotado diversas vezes por clubes brasileiros.
"O reflexo da equipe da Argentina é o que ele pode transmitir no caminho que temos de seguir. É muito mais a equipe dele do que minha, por tudo o que ele faz dentro de campo como melhor de todos. Cada vez ele joga melhor. O privilégio de ter o melhor do mundo em campo me faz pensar muito mais no que fazer no ataque do que na defesa", complementou o treinador.
Sorteada no Grupo D do Mundial, a Argentina terá Islândia, Croácia e Nigéria como adversários na primeira fase. Pela avaliação de Sampaoli, o seu grupo de atletas pode ser incluído entre os favoritos a erguer a taça em Moscou.
"Sofri muitas Copas vendo a Argentina quando não éramos considerados entre os melhores. Agora que temem a Argentina, os jogadores têm de lidar com as críticas não pela derrota, mas de serem tachados de perdedores", disse em alusão ao vice em 2014. "Pelo nosso comportamento típico, somos favoritos por causa do emblema, da bandeira, dos jogadores. Nós somos assim, mas creio que somos candidatos ao título, não podemos negar a nossa essência".
Depois de enfrentar a Itália na Inglaterra, os argentinos jogarão com a Espanha, em Madri, no próximo dia 27.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia