Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de março de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

ginástica artísitica

Alterada em 21/03 às 22h04min

Lucas Bittencourt é 8º na etapa de Birmingham da Copa do Mundo de Ginástica

O brasileiro Lucas Bittencourt teve desempenho modesto na etapa de Birmingham da Copa do Mundo de Ginástica Artística. Nesta quarta-feira, ele ficou em oitavo e último lugar na disputa do individual geral ao somar 77,698 pontos, penalizado por alguns erros cometidos na sua apresentação.
Após compor a equipe brasileira que faturou a medalha de prata no DTB Pokal, na Alemanha, no último fim de semana, Bittencourt teve desempenho irregular nesta quarta. O seu melhor desempenho foi na barra fixa, em que teve o melhor resultado entre os oito ginastas inscritos, com 13,900 pontos.
"Ele não foi muito bem em alguns aparelhos. Teve falhas graves no solo, salto e nas paralelas. O melhor aparelho dele foi a barra fixa, mas também um erro na saída acabou prejudicando a nota. Praticamente todos os atletas tiveram falhas graves e até quedas, quem fizesse uma competição melhor e sem erros venceria", afirmou o técnico Cristiano Albino.
A medalha de ouro em Birmingham foi conquistada pelo japonês Shogo Nonomura, com 84,797 pontos. O russo Nikita Nagornyy, com 84,731, levou a prata, enquanto o bronze foi para o britânico James Hall, com 83,531.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia